Tamanho do texto

Criticado pela torcida, zagueiro foi o autor do gol da vitória da equipe no clássico contra o Fluminense

Cris comemora gol da vitória do Vasco
Petra Mafalda/Mafalda Press/Gazeta Press
Cris comemora gol da vitória do Vasco

Embora não tenha conseguido deixar para trás a zona de rebaixamento, o Vasco comemorou e muito a vitória suada por 1 a 0 sobre o Fluminense. Principalmente o grande herói do clássico disputado em Florianópolis. O veterano Cris desabafou após marcar o único gol na Ressacada e exaltou a união do grupo.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"Estamos de parabéns por essa vontade mostrada dentro de campo. E que continue assim, pois não tem nada decidido. Conseguimos dar um bom passo para sair dessa situação", destacou o defensor, que teve a festa frustrada pelo triunfo do São Paulo em pleno Mineirão por 2 a 0 sobre o líder Cruzeiro, que devolveu o Vasco à degola com 32 pontos.

Confira imagens dos jogos desta rodada do Brasileirão

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Cris, no entanto, não deixou de comemorar a noite especial na capital catarinense. O zagueiro vinha sendo muito criticado nas últimas rodadas, mas teve atuação segura diante do Tricolor das Laranjeiras e ainda marcou belo gol de cabeça ao completar cruzamento do volante Fillipe Soutto aos 11 minutos do primeiro tempo.

"O grupo e o professor estão me dando confiança. É só ver que quando marquei o gol todo mundo veio comemorar comigo, me abraçar. Isso é muito bom, mostra que estamos unidos. Tenho 36 anos e já passei por momentos bons e ruins. Errar é humano, estou propício a isso, mas vou sempre persistir, batalhar e nunca largar. Agradeço também à minha família por estar ao meu lado", ressaltou o experiente beque.

Além de Cris, André também exaltou o empenho dos companheiros no gramado da Ressacada na última quarta-feira. O centroavante, porém, admitiu que a equipe poderia ter colocado a bola no chão para incomodar mais o Fluminense. "Sabemos que faltou jogar um pouco. Fizemos um gol, nos fechamos, para brigar para não cair tem que ser assim. Não teve jogo, mas foi entrega, muita entrega", elogiou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.