Tamanho do texto

Com o resultado, equipe potiguar abre dois pontos de distância para a zona de degola na Série B

De maneira heróica, o ABC venceu o Joinville por 2 a 1 e segue em plena recuperação na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, a equipe do Rio Grande do Norte teve de defender um pênalti e superar a expulsão de dois jogadores para deixar a Arena Joinville com um resultado favorável e seguir fora da zona de rebaixamento para a terceira divisão.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileirão

Rodrigo Silva abriu o placar para os visitantes no último minuto do primeiro tempo. O Joinville empatou aos 30 da segunda etapa, com Sandro, mas Edson deu números finais a partida três minutos mais tarde.

O grande destaque da partida, porém, foi o goleiro Wilson Júnior. Além de defender um pênalti de Marcelo Costa na metade da etapa inicial, foi ele o responsável por manter o ABC à frente do placar quando o time passou a jogar em desvantagem numérica, já que Flávio Boaventura e Michel foram expulsos no segundo tempo..

Com o resultado, a equipe potiguar soma a quinta vitória consecutiva e chega aos 32 pontos. Na 15ª colocação, esta é apenas a segunda rodada que o time dorme fora da zona de rebaixamento. No caminho inverso, o Joinville acumula seis jogos sem vitória e segue despencando na tabela. Antes figura frequente no G4, é apenas o nono colocado, com 43 pontos - três a menos que o Sport, primeiro time dentro da zona de acesso.

FICHA TÉCNICA
JOINVILLE-SC 1 X 2 ABC-RN

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 8 de outubro de 2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: José Araújo Sabino e Larissa Gabrielly Ferreira (ambos do DF)
Cartões Amarelos: Lino, Wesley Bigu, Rogélio, Flávio Boaventura e Bileu (ABC)
Cartões Vermelhos: Flávio Boaventura e Michel (ABC)

GOLS:
ABC: Rodrigo Silva aos 44 do primeiro tempo e Edson aos 33 do segundo
JOINVILLE: Sandro, aos 30 do segundo tempo

JOINVILLE: Ivan; Eduardo (Edigar Júnio), Diego Jussani, Sandro e Rafinha; Naldo (Martín Liguera), Augusto Recife, Diogo Oliveira e Marcelo Costa; Edu (Kim) e Lima
Técnico: Ricardo Drubscky

ABC: Wilson Júnior; Edson, Flávio Boaventura, Lino e Wesley Bigu (Rogélio); Somália, Daniel Paulista, Bileu e Giovanni Augusto (Michel); Rodrigo Silva e Toty (Júnior Timbó)
Técnico: Roberto Fernandes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.