Tamanho do texto

Cortado da seleção peruana por causa de fissura no pé esquerdo, atacante preocupa o departamento médico, que o trata como provável baixa diante do São Paulo

Guerrero, atacante do Corinthians
Fernando Dantas/Gazeta Press
Guerrero, atacante do Corinthians

Como era esperado, Paolo Guerrero não foi a Mogi Mirim defender o Corinthians contra o Atlético-PR. O centroavante, cortado da seleção peruana por causa de fissura no pé esquerdo, preocupa o departamento médico, que o trata como provável baixa no clássico de domingo, contra o São Paulo, no Morumbi.

O atacante vinha atuando no sacrifício havia algumas rodadas, mas agravou o problema no empate com o Atlético-MG, no último final de semana. Ele se apresentou à seleção de seu país no dia seguinte, mas acabou sendo cortado das partidas contra Argentina e Bolívia, pelas Eliminatórias.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Como Guerrero voltou, Tite passou a alimentar a esperança de utilizá-lo novamente, possivelmente já contra o Atlético-PR. Os médicos rapidamente descartaram a hipótese e começaram o tratamento na intenção de colocá-lo em campo no final de semana.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O problema é que o pé do centroavante está inflamado. Ele será observado, mas a condição atual o impede de treinar. A inflamação pode se agravar ou se abrandar, motivo pelo qual há alguma esperança, porém a participação do atleta no clássico é tratada como bastante improvável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.