Tamanho do texto

Técnico do Corinthians lamentou a perda de Pato, convocado para a seleção brasileira, bem como a ausência dos jogadores lesionados

Tite, técnico do Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Tite, técnico do Corinthians

O momento do Corinthians ainda não permite fazer muitas contas - ou, ao menos, divulgá-las. Após uma sequência de oito partidas sem vitória, o time derrotou o Bahia e empatou fora de casa com o Atlético-MG, ficando a oito pontos de distância da zona de classificação à Copa Libertadores.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Mais do que projetar, eu procuro trabalhar com o real. O que é real é buscar a retomada do nosso padrão. Vencemos o jogo anterior e fomos consistentes contra o Atlético. Enfrentamos um time que tem elenco, que tem peças de reposição. Já as nossas peças de reposição estão na Seleção ou machucados", disse Tite.

Leia mais: Tite vê equilíbrio do Corinthians,elogia trabalho de Ibson e lamenta gol perdido

Haverá novos problemas na próxima quarta-feira. No segundo de quatro jogos com o mando de campo perdido por punição do STJD, o Corinthians vai enfrentar o Atlético-PR em Mogi Mirim sem Guerrero, a caminho da seleção peruana. Alexandre Pato continua fora, na Seleção Brasileira.Tite, porém, contará com o retorno de Emerson, que cumpriu suspensão no final de semana. Danilo, que entrou só no finalzinho contra o Atlético-MG por causa de seu desgaste muscular, provavelmente retornará à escalação alvinegra no interior de São Paulo.

Confira classificação, notícias, artilharia, notícias e tabela do Brasileiro

"Temos a recuperação de alguns atletas. É passo a passo. A gente tem que retomar o padrão de vitórias, com uma pontuação alta e um desempenho consistente. Quero pensar primeiro em recuperar a equipe porque o nível de exigência do Campeonato Brasileiro é muito alto", concluiu o gaúcho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.