Tamanho do texto

Cinco jogadores representaram o Bom Senso FC no encontro: Paulo André (Corinthians), Dida (Grêmio), Juninho Pernambucano (Vasco), Cris (Vasco) e Seedorf (Botafogo)

Jogadores se reúnem com José Maria Marin na sede da CBF
Rafael Ribeiro/CBF
Jogadores se reúnem com José Maria Marin na sede da CBF

Uma comissão representando o Bom Senso FC, formado por jogadores das Séries A e B do Campeonato Brasileiro que reivindicam melhorias no futebol brasileiro, foi recebida nesta segunda-feira por José Maria Marin, presidente da CBF, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. Cinco jogadores estiveram no local em nome do grupo: Paulo André (Corinthians), Dida (Grêmio), Juninho Pernambucano (Vasco), Cris (Vasco) e Seedorf (Botafogo).

Comente esta notícia com outros torcedores

O grupo entregou um dossiê que destaca as cinco principais reivindicações do Bom Senso FC: mudanças no atual calendário do futebol nacional, 30 dias de férias para os jogadores baseado na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), pré-temporada adequada, fair play financeiro dos clubes a partir de 2015 e representatividade de jogadores e técnicos em conselhos técnicos. Um novo encontro entre as partes está previsto para daqui a duas semanas.

Confira alguns jogadores que integram o Bom Senso FC:


"A gente deixa a bola nos pés da CBF para que comecem a se posicionar e mostrem para todos essas atitudes. O movimento mostra saídas e soluções. É do interesse de todos que a gente melhore a qualidade do futebol apresentado no país. Temos visto eventos ruins e com algumas medidas podemos melhorar muito a curto e médio prazo essas condições. Torço para em duas semanas ter boas notícias", avaliou o zagueiro Paulo André, porta-voz do Bom Senso FC após o encontro na sede da entidade.

Em entrevista ao site da CBF, Marin avaliou como positivo o encontro com os atletas: "Gostei muito da reunião. Os jogadores se mostraram ponderados e com o entendimento de que algumas mudanças não podem ser feitas de um dia para o outro. O mais importante é que houve o consenso de que a CBF tem como maior objetivo fazer de tudo o que é possível em benefício do futebol brasileiro."

Em primeiro encontro, Bom Senso FC descarta greve e busca acordos

O Bom Senso FC surgiu em resposta ao anúncio feito pela CBF em 20 de setembro, pedindo o início dos Estaduais em 2014 para 12 de janeiro, o que sacrificaria tanto o período de férias quanto a pré-temporada dos clubes. Marin destacou que já encomendou um estudo sobre fair play financeiro dos clubes e disse estar em busca de soluções para o calendário do ano que vem: "Estou conversando com os presidentes das Federações e solicitando o adiamento do início dos Estaduais, para que se encontre uma solução que consiga conciliar as necessidade dos jogadores, na sua preparação na pré-temporada, e dos clubes."