Tamanho do texto

William e Fernandão anotaram no jogo que terminou 1 a 1 e ainda perderam outras oportunidades de gols

Dois dos principais artilheiros do Campeonato Brasileiro empataram o confronto deste domingo entre Bahia e Ponte Preta, na Arena Fonte Nova. William abriu o placar a favor dos visitantes, e Fernandão fez 1 a 1 ainda no primeiro tempo.

Confira a classificação atualizada e os próximos jogos do Brasileirão

O resultado, que poderia ter sido outro se os atacantes não tivessem perdido novas chances, não é bom para ninguém. O time baiano fica com 33 pontos, apenas quatro acima da zona de rebaixamento, enquanto os paulistas alcançam apenas o 23º ponto, na penúltima colocação.

Bahia e Ponte Preta ficaram no 1 a 1 em Salvador
Gazeta Press
Bahia e Ponte Preta ficaram no 1 a 1 em Salvador

Ambos voltam a atuar na quarta-feira. O Bahia terá clássico contra o Vitória, na condição de mandante mais uma vez, e a Ponte receberá o Atlético-MG.

Neste domingo, o placar foi aberto aos 21 minutos, em rápido contragolpe. A bola passou por três jogadores até Rildo encarar a marcação no bico esquerdo da área e encontrar William na pequena área, atrás da marcação. O vice-artilheiro do Brasileiro bateu rasteiro, de primeira, por baixo de Marcelo Lomba, anotando seu 13º gol.

O empate veio 13 minutos depois, também em jogada trabalhada. Rafael Miranda recebeu passe de Marquinhos Gabriel no bico esquerdo da área e cruzou rasteiro. Fernandão dividiu com o zagueiro e, de primeira, desviou para a rede, sem chance para o goleiro Roberto, chegando à marca de 11 gols no campeonato.


No intervalo, com o jogo empatado, os dois treinadores fizeram duas modificações cada. Cristóvão Borges sacou Jussandro e Marquinhos Gabriel e colocou Raul e Souza. Na Ponte, Jorginho substituiu Régis e Alex por César e Chiquinho, respectivamente.

No primeiro lance de Souza, o atacante arriscou de muito longe, e Roberto fez a defesa tranquila. A resposta ponte-pretana não demorou. No minuto seguinte, William ganhou da defesa em velocidade e invadiu a área, mas chutou longe da meta defendida por Marcelo Lomba.

O equilíbrio nas oportunidades persistiu ao longo da etapa. William e Fernandão perderam novas chances de balançar a rede com menos de dez minutos. Aos 16, a Ponte foi forçada a fazer a terceira substituição. Chiquinho, que havia acabado de entrar, saiu para a entrada de Rafael Ratão.

Jogando com apoio da torcida, o Bahia teve ligeira superioridade na metade final do segundo tempo, mas não criou grandes situações de gol. A Ponte, aparentemente satisfeita com o ponto ganho àquela altura, lançou-se ao ataque apenas sem correr risco. No fim, o empate se mostrou um placar justo.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 1 PONTE PRETA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 6 de outubro de 2013 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Marcos da Silva Brigido (CE) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CE)
Público: 9.448 pagantes
Renda: R$ 200.030,00
Cartões amarelos: Madson, Rafael Donato, Titi e Fernandão (Bahia); Diego Sacoman e Fellipe Bastos (Ponte Preta)

Gols: BAHIA: Fernandão, aos 34 minutos do primeiro tempo
PONTE PRETA: William, aos 23 minutos do primeiro tempo

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato (Fabrício Lusa), Titi e Jussandro (Raul); Fahel, Feijão e Rafael Miranda; Marquinhos Gabriel (Souza), William Barbio e Fernandão
Técnico: Cristóvão Borges

PONTE PRETA: Roberto; Régis (César), Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef (Chiquinho)(Rafael Ratão), Fellipe Bastos e Adrianinho; Rildo e William
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.