Tamanho do texto

Com anúncio de Victor Valdés de que deixará o time ao final da temporada, Reina vira nome forte para assumir a camisa 1 do time que o revelou

Criado nas categorias de base do Barcelona, o goleiro Pepe Reina teve poucas oportunidades na equipe principal e acabou deixando o clube catalão em junho de 2002, quando acertou com o Villarreal. Cogitado para retornar ao time na próxima temporada, o atleta, que atualmente defende o Napoli, mostrou satisfação e não descartou a possibilidade.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Espanhol

"Ficaria encantado em voltar ao Barcelona. Fico muito contente por meu nome ser lembrado, mas meu objetivo é fazer uma boa temporada pelo Napoli. No verão, vamos ver o que acontece", afirmou o jogador em entrevista a rádio Catalunha .

Balotelli perdeu o primeiro pênalti da sua carreira. Reina defendeu a cobrança
Antonio Calanni/AP
Balotelli perdeu o primeiro pênalti da sua carreira. Reina defendeu a cobrança

Desde que deixou o Barcelona, Reina se consolidou como um dos principais goleiros espanhóis em atividade no futebol mundial e ganhou destaque no cenário internacional. Em 2005, o atleta deixou o Villarreal e acertou com o Liverpool, onde conquistou três títulos e ainda foi segundo colocado na Liga dos Campeões da Europa e Mundial de Clubes. Pela seleção de seu país, disputou duas edições da Copa do Mundo: 2006 e 2010.

Titular do clube catalão desde a temporada 2003/2004 e companheiro de Reina na seleção espanhola, Victor Valdés já anunciou que deixará o time ao término desta temporada. Com isto, os jornais espanhóis especularam possível retorno de Reina, que tem contrato com o Napoli até junho do próximo ano.

"Acredito que o Barcelona tenha falado com muitos goleiros e deve estar observando muitos atletas. Veremos o que acontece no próximo ano", encerrou Reina, de 31 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.