Tamanho do texto

Ganhador da partida no Maracanã vai terminar fim de semana na segunda posição; hoje posto pertence aos gremistas com 45 pontos, dois a mais que os cariocas

Grêmio defende vice-liderança do Brasileirão diante do Botafogo no Rio
FERNANDO DANTAS / Gazeta Press
Grêmio defende vice-liderança do Brasileirão diante do Botafogo no Rio

Um confronto direto do G4 vai abrir a 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Botafogo e Grêmio se enfrentam neste sábado, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã, e o ganhador vai terminar o fim de semana na segunda posição. Hoje o posto pertence aos gremistas com 45 pontos, dois a mais que os cariocas.

Confira classificação e artilharia completas do Brasileirão 2013

O Grêmio está mais firme neste momento e vem de triunfo de 1 a 0 sobre o Atlético-PR. O Botafogo apenas empatou por 1 a 1 com o Fluminense, mas o resultado interrompeu uma série de três derrotas consecutivas.

A expectativa é de um confronto muito equilibrado neste sábado. Oswaldo de Oliveira, técnico botafoguense, acredita que o duelo será definido nos detalhes.

"Será mais um jogo muito equilibrado deste Campeonato Brasileiro, uma vez que estarão frente a frente duas equipes com campanhas bem parecidas e que querem muito a vitória para se aproximarem de seus objetivos. Vai ser jogo decidido nos detalhes. O Grêmio vai querer atuar esperando o nosso erro e vamos precisar de muita tranquilidade para não deixarmos que eles consigam impor seu estilo", disse Oswaldo.

O Grêmio defende duas marcas na partida deste sábado: primeiro, a de não sofrer gols há quatro jogos; segundo, a invencibilidade contra equipes que estão no G4. Diante de Cruzeiro, Atlético-PR e Botafogo, o time acumula três vitórias e um empate neste Campeonato Brasileiro.

Com dois esquemas táticos que já mostraram bons resultados neste ano, o técnico Renato Gaúcho deverá sair do 4-3-3 e voltar ao 3-5-2 neste sábado. Tudo porque o atacante Vargas foi expulso na vitória sobre o Atlético-PR, e será desfalque. Renato até pode entrar em campo com o jovem Paulinho, mas a tendência é que entre mais um zagueiro na equipe.

O 3-5-2 com três volantes já foi responsável por algumas vitórias gremistas fora de casa no campeonato, como contra Flamengo e Vasco. O principal candidato para ocupar a vaga na zaga é Saimon, que tem mais ritmo de jogo. Werley, titular da posição, voltou de lesão durante a semana, mas não atua há mais de um mês, o que deve pesar para que comece a partida como opção no banco.

A boa campanha gremista (vice-líder, com 45 pontos) anima Renato, que contesta aqueles que dizem que seu time joga um futebol feio: "meu time tem jogado muito bem. Quem quer ver time jogando bonito é fácil: assiste o Barcelona. O Brasil ganhou a Copa de 1994 e eu vibrei, mesmo jogando feio. O Grêmio está em 2º no Brasileiro e vivo na Copa do Brasil. Tem time que diz que quer jogar bonito e tá vendo o Grêmio de binóculo na tabela", afirmou o treinador, após a vitória da última quarta, sobre o Atlético-PR.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X GRÊMIO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de outubro de 2013 (Sábado)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Van Gasse (Fifa-SP)

BOTAFOGO: Jéfferson, Gilberto, Dankler, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Seedorf, Lodeiro e Rafael Marques; Elias
Técnico: Oswaldo de Oliveira

GRÊMIO: Dida; Saimon, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro, Riveros e Alex Telles; Kleber e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.