Tamanho do texto

O primeiro exame de Diego Barboza deu positivo, após o jogo contra o Oeste, mas o resultado da segunda análise foi negativo

O exame de contraprova do meia Diego Barboza deu negativo. A Fifa solicitou novo exame
Divulgação/Paysandu
O exame de contraprova do meia Diego Barboza deu negativo. A Fifa solicitou novo exame

Flagrado no exame antidoping após a partida contra o Oeste , disputada no dia 13 de agosto, o meia Diego Barboza, do Paysandu , soube nesta quinta-feira que o resultado da contraprova, realizada em laboratório localizado na Colômbia, deu negativo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estou muito feliz, porque sabia que minha consciência estava limpa e que não tinha tomado nenhum remédio. Agora vou procurar fazer o meu trabalho do jeito que sempre fiz nesses 40 dias em que fiquei só treinando", disse Diego.

A Fifa, no entanto, solicitou a realização de um terceiro exame, que será analisado no Canadá. No entanto, para evitar que o imbróglio impeça o retorno do jogador aos gramados, o departamento jurídico do time paraense já agiu.

Confira a classificação, artilharia e notícias do Brasileiro da Série B

"Solicitei, através do setor de doping (da CBF), a liberação do atleta até que saia o resultado da contraprova do laboratório do Canadá", disse o diretor jurídico do clube paraense, Alberto Maia.

* Com Gazeta Esportiva
    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.