Tamanho do texto

Fumio Takahasi é conhecido no meio esportivo e já ajudou na recuperação física de jogadores como o argentino do Barcelona, David Beckham, Deco e Fred

Sofrendo com lesões de jogadores titulares e correndo sérios riscos de perder Ronaldinho Gaúcho para a disputa do Mundial de Clubes, no fim do ano, o Atlético-MG foi ao outro lado do planeta buscar uma solução para o problema do camisa 10, com contusão grave na coxa direita . Segundo informações do jornal A Folha de S. Paulo nesta quinta-feira, o time mineiro contratou o o acupunturista japonês Fumio Takahashi, 68 anos, para recuperar o atleta a tempo de entrar em campo no Marrocos.

E mais: Médico do Atlético-MG admite desgaste, mas não culpa sequência por lesões

Takahasi é conhecido no meio esportivo e já ajudou na recuperação física de jogadores como Lionel Messi, David Beckham, Deco e Fred. Ele mora no Brasil há 50 anos e é especialista em uma técnica de acupuntura chamada ryodoraku, no qual o tratamento é realizado por meio de pontos eletropermeáveis na superfície do corpo.

Cuca admite que Ronaldinho Gaúcho é insubstituível no Atlético-MG

"Acupuntura ajuda. No caso do Ronaldo, nós precisamos juntar tecidos afetados a fim de cicatrizar e, enfim, tem que formar a camada fibrosa pra aguentar. Não é todo mundo que faz isto. Até agora não conheço outra pessoa que faça igual a mim", disse o japonês, em entrevista ao jornal O Tempo . "Mas podem acreditar: Ele vai estar no Mundial. Eu estou com fé, torcendo demais, ele é como um filho. Tem cerca de 12 anos que trabalho com ele. Antes de tratá-lo, tratei o Assis também", acrescentou Takahashi, referindo-se ao ex-jogador e irmão de Ronaldinho.

O meia do Atlético-MG sofreu uma lesão muscular grave na coxa direita durante um treinamento e ficará pouco mais de dois meses fora dos gramados. Assim, sua presença no Mundial de Clubes, no fim do ano, no Marrocos, ainda não é garantida. Ausência certa será o lateral/volante Richarlyson, que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e está fora por tempo indeterminado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.