Tamanho do texto

Ameaçada pelo rebaixamento, equipe campineira foi derrotada pelo Náutico na terça-feira e terá que jogar novamente na quinta

Nesta quinta-feira, dia em que enfrentará o Atlético-MG , a Ponte Preta terá disputado três jogos em seis dias. E para o meia Adrianinho, a equipe campineira precisa superar rapidamente a derrota sofrida para o Náutico nessa terça, por conta do calendário puxado.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"O pessoal ficou muito triste no vestiário, mas não dá tempo de pensar muito. Da mesma forma que depois da vitória você comemora em um dia e no outro já volta a trabalhar, agora tem que ser a mesma coisa. Temos mais uma batalha na quinta-feira e precisamos estar fortes", disse nesta quarta-feira.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Sem ter realizado nenhum treino depois da derrota, a Ponte Preta já embarca nesta quinta-feira para Belo Horizonte, palco do jogo contra o Atlético-MG. A partida está marcada para as 19h30 (de Brasília) e será válida pela 26ª rodada.

O próprio Adrianinho é dúvida para o confronto em decorrência de desgaste muscular. Situação parecida vivem o o atacante Chiquinho, se recuperando de lesão na coxa, e o goleiro Roberto, que tomou para alergia probido pela CBF e agurda a liberação da entidade. Já os laterais Uendel e Artur estão suspensos e não entram em campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.