Tamanho do texto

Equipe catarinense venceu fora de casa por 2 a 0 e aproxima mineiros da zona de rebaixamento

O Boa Esporte voltou a decepcionar a torcida de Varginha nesta terça-feira. Em casa, não resistiu à força do Figueirense e perdeu por 2 a 0, somando o terceiro revés seguido. A derrota faz a equipe mineira se distanciar das primeiras colocações da Série B e se aproxima da zona de rebaixamento.

Comente esta notícia com outros torcedores

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo estreante Everton Santos, que apareceu livre por trás da marcação do Boa Esporte para completar para as redes. Jonatan Ponciano anotou o segundo já no final da partida. Com o resultado, o Figueirense confirma a ascensão na Série B do Brasileiro, com uma sequência de vitórias, que resultaram em 38 pontos deixando o Boa Esporte estacionado nos 35 pontos.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Com o fim da temporada se aproximando, a sequência de jogos fica mais intensa, e o Boa Esporte terá pouco tempo para se preparar para o próximo duelo, que acontece já na sexta-feira, diante do Oeste, no estádio Melão, em Varginha. Já o Figueirense terá um dia a mais de descanso para receber o Atlético-GO, no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA
BOA ESPORTE 0 X 2 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)
Data: 01 de outubro de 2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão
Assistentes: Luiz Felippe Scofield Guerra Costa e Gabriel Conti Viana
Cartões amarelos: Thiago Carvalho, Betinho, Petros, Bambam (Boa Esporte) William, Jonatan Ponciano, Pablo (Figueirense)
Gols: Figueirense: Everton Santos, aos dez minutos do primeiro tempo; Jonatan Ponciano, aos 38 minutos do segundo tempo

BOA ESPORTE: Leandro; Crystian (Bambam), Ciro Sena, Thiago Carvalho e Julinho; Rodrigo Souza, Betinho, Vinicius Hess (Petros) e Marcelinho Paraíba; Cryslan (Luiz Paulo) e Fernando Karanga
Técnico: Nedo Xavier

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; William, Bruno Pires, Nirley e Henrique; Paulo Roberto (Rodrigo Souto), Rodrigo, Luan e Zé Roberto (Jonatan Ponciano); Everton Santos (Tinga) e Pablo
Técnico: Vinícius Eutrópio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.