Tamanho do texto

Jogadores tentam conter a euforia pela liderança tranquila no Brasileirão e pedem concentração para não serem surpreendidos

Willian comemora gol do Cruzeiro
Adalberto Marques/Agif/Gazeta Press
Willian comemora gol do Cruzeiro

Líder com folga do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro recebe a Portuguesa nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, para ampliar a diferença de pontos em cima dos principais concorrentes ao título. O discurso dos jogadores e da comissão técnica é de pés no chão, mas internamente todos sabem que a conquista está muito perto.

O Cruzeiro será campeão brasileiro? Deixe sua opinião

Se superar a Lusa, e Botafogo e Grêmio tropeçarem, o Cruzeiro abre 14 pontos de frente e praticamente encaminha a conquista do título nacional, que chegaria dez anos depois do último troféu. O atacante Willian se tornou peça importante do esquema tático e não quer ver surpresas no final da competição, mas julga cedo para antecipar a festa de campeão.

"É cedo falar em título encaminhado. Mas claro que a gente não espera ter uma surpresa. Sabemos que não tem nada definido. Tem que manter humildade, pois tem muita água para rolar. Mas a gente tem tudo para concretizar no final do ano", declarou.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Além da motivação para se aproximar ainda mais do título, o duelo contra a Portuguesa vai marcar a partida de número 50 do técnico Marcelo Oliveira no comando do Cruzeiro. O treinador tem feito um bom trabalho na equipe celeste e é dono de números bastante expressivos desde que chegou a Raposa no início da temporada.

Nas 49 partidas como técnico do Cruzeiro até agora, Marcelo Oliveira obteve 38 vitórias, seis empates e apenas cinco derrotas, com aproveitamento de nada menos que 81,6% dos pontos disputados. Com ele no comando, a equipe celeste marcou 116 gols (média de 2,4 por partida) e sofreu 38 (média de 0,8).

Para o confronto contra a Lusa, Marcelo Oliveira poderá contar com os retornos do volante Lucas Silva e do meia-atacante Ricardo Goulart, que estavam suspensos na rodada passada. O armador Júlio Baptista, com uma lesão na panturrilha, e o argentino Martinuccio estão entregues ao departamento médico e fora do jogo contra a Portuguesa. O meia-atacante Alisson vai cumprir suspensão, mas o jogador é reserva da equipe.

Se o Cruzeiro vive um momento mágico no Campeonato Brasileiro, a situação da Portuguesa também é boa, principalmente pelo resultado conquistado na rodada passada, quando a Lusa aplicou uma sonora goleada de 4 a 0 em cima do Corinthians. O time do Canindé é apenas o 12º colocado com 31 pontos, mas derrubar o líder motiva os atletas da equipe paulista.

O meia Moisés conhece bem o futebol mineiro, e avisa que a Lusa não vai temer a Raposa atuando no Gigante da Pampulha, que deverá receber grande público. "Nada melhor que pegar o líder fora e consolidar esse nosso momento. Sabemos das dificuldades, mas vamos tentar. Estou ansioso por essa partida, joguei no Mineirão velho e agora vou jogar no novo", declarou.

O técnico da Portuguesa, Guto Ferreira, vai cumprir suspensão e não poderá orientar os atletas a beira do gramado, função que será de Alexandre Faganello. O volante Muralha, os meias Henrique e Washington e os atacantes Diego Viana, Diogo e Romão estão entregues ao departamento médico e são desfalques certos. Em compensação, Luis Ricardo cumpriu suspensão e retorna ao time.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X PORTUGUESA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 02 de outubro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima
Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Luís Carlos Camara Bezerra

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Borges
Técnico: Marcelo Oliveira

PORTUGUESA: Lauro; Corrêa, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Moisés, Luís Ricardo e Souza; Bérgson e Gilberto
Técnico: Alexandre Faganello

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.