Tamanho do texto

Atacante fez o gol da vitória de virada sobre a Ponte Preta aos 47 minutos do segundo tempo

Maikon Leite é cumprimentado após gol da vitória sobre a Ponte Preta
Rodrigo Villalba/Futura Press
Maikon Leite é cumprimentado após gol da vitória sobre a Ponte Preta

O Náutico arrancava um heroico empate no Moisés Lucarelli, diante de uma Ponte Preta embalada para sair da zona de rebaixamento, mas, nos minutos finais, foi ainda mais surpreendente. Aos 47 do segundo tempo, Maikon Leite aproveitou o contra-ataque letal e colocou a bola no fundo das redes, garantindo a vitória pernambucana . Mesmo com o gol que alimentou as esperanças do torcedor, o atacante recusou o rótulo de herói.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Jamais sairei como herói, pois herói é todo mundo. O time foi muito apagado durante todo jogo, mas, no final, tive a felicidade de decidir, não de ser herói. Está todo mundo de parabéns e acreditando na nossa equipe. Está todo mundo tratando o Náutico como rebaixado, mas a gente ainda não. Vamos lutar até o fim para todo mundo ser herói. Se antes ainda dava, por que agora, vencendo, não daria mais?", indagou o atacante.

O time pernambucano chegou ao empate já no segundo tempo, com o garoto Hugo. O atacante entrou no lugar do volante Derley, e, logo no primeiro lance, já deixou o Náutico em igualdade no Moisés Lucarelli. Hugo ainda teve a chance de virar a partida nos minutos seguintes, mas não teve a mesma felicidade. Para a sua sorte, Maikon Leite marcou no fim.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"No primeiro toque na bola, eu fiz o gol. Entrei ligado e fui feliz na conclusão, no outro, a bola veio fácil, eu fui pra chapar, mas peguei muito mal. O importante é que o time foi ligado até o final do jogo, quando conseguiu matar. Antes, a sorte estava contra a gente, batia e não entrava. Pata aquele que acredita, nada é impossível. Tenho fé que vamos sair dessa situação".

Mesmo com o triunfo, a situação do Náutico ainda é complicada: tem apenas 17 pontos após 25 rodadas passadas. A diferença para o São Paulo, primeiro time fora da zona de rebaixamento, ainda é de dez pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.