Tamanho do texto

Em 12º lugar no Brasileirão, time mineiro encara Vasco, Criciúma e Santos nas próximas três rodadas da competição

Cuca, técnico do Atlético-MG
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Cuca, técnico do Atlético-MG

O Atlético-MG ocupa o 12º lugar com 28 pontos no Brasileirão , mas o técnico Cuca não quer ver o time desistindo de lutar por uma condição melhor na competição. Para o treinador, os três próximos jogos da equipe, contra Vasco, Criciúma e Santos serão decisivos.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O campeonato é duro. Você vir aqui e perder, ainda que pudesse empatar, está dentro do campeonato. Ganhar do Grêmio lá também está dentro do campeonato. Agora temos três partidas, Vasco, Criciúma e Santos, para definir o que queremos do campeonato", declarou.

Das três partidas decisivas para o Galo, duas delas serão no Independência, e se somar os pontos nestes jogos, o Atlético-MG pode dar um salto na tabela de classificação. Cuca afirma que a competição ainda está muito embolada, por isso, não aceita jogar a toalha. O treinador quer ao menos o título simbólico do segundo turno.

"Temos o Vasco, depois uma viagem um pouco mais complicada na logística para enfrentar o Criciúma e voltamos para o Santos. São jogos decisivos que podem nos encaminhar para a parte de cima da tabela. Está tudo muito embolado ainda", disse Cuca que perdeu a invencibilidade de dez jogos no duelo contra o São Paulo.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.