Tamanho do texto

Dentro de casa, time mineiro busca ampliar sequência de vitórias na competição para levar diferença em relação aos cariocas para sete pontos

Cruzeiro vem de sete vitórias seguidas no Brasileirão
Adalberto Marques/ Agif/Gazeta Press
Cruzeiro vem de sete vitórias seguidas no Brasileirão

Os dois primeiros colocados na tabela do Brasileirão se enfrentam nesta quarta-feira. No Mineirão, às 21h50 (de Brasília), o Cruzeiro recebe a visita do Botafogo , em duelo pela 22ª rodada. As duas equipes parecem que irão polarizar a disputa pelo caneco. Vindo de sete vitórias consecutivas, a equipe mineira busca ampliar a sequência para abrir distância de sete pontos na ponta da tabela.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

As duas equipes parecem dar uma tratamento diferenciado ao jogo desta quarta-feira. Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, por exemplo, está preferindo descartar o clima de decisão. "Acho que se pode jogar com a palavra final para se pensar em atrair o torcedor, em fazer uma manchete. Mas todos nós sabemos que essa partida não é uma final antecipada, porque ainda faltam dezessete partidas para cada time no Campeonato Brasileiro e qualquer resultado que venha a acontecer é reversível. É um jogo muito importante, porque se trata do líder do campeonato e do segundo colocado. Mas não podemos pensar que essa partida é a final. Os dois times ainda terão muita coisa pela frente", disse.

Confira a classificação do Brasileirão

Já aos cruzeirenses parece agradar a ideia de uma decisão antecipada. "Logicamente que é um jogo diferenciado. Estamos em uma ótima situação na zona de classificação para a Libertadores e hoje apenas o Botafogo pode impedir o nosso título. Portanto, é uma decisão e tenho certeza de que eles entrarão em campo com a faca nos dentes, dispostos a fazer de tudo para ganhar", afirmou o meia Ricardo Goulart.

Pensando parecido com seu comandado, o técnico Marcelo Oliveira entende que o Cruzeiro precisa ter muito cuidado, pois o jogo com o Botafogo tende a ser, na opinião dele, o mais complicado do Brasileirão até o momento. "Acredito em um jogo muito complicado, pois o Botafogo vem mantendo um excelente nível de atuação e vai nos criar muitas dificuldades. Trata-se de uma partida que tem tudo para ser decidido nos detalhes. Um erro pode ser fatal quando se enfrenta um adversário desses", analisou Marcelo.

Botafogo venceu o Santos na última rodada
Djalma Vassão/Gazeta Press
Botafogo venceu o Santos na última rodada

A expectativa de uma partida equilibrada é compartilhada pelos botafoguenses. "A tendência é que as duas equipes façam um jogo equilibrado, mas bonito taticamente, pois são dois times que vem jogando em alto nível e estão nas primeiras colocações por merecimento. Sabemos o que vai representar para nós a conquista de uma vitória, pois nos colocará em situação muito boa na disputa pelo título. Assim, a nossa ordem é entrar focado, sem errar, para obter os três pontos", afirmou o goleiro Jéfferson.

Para este compromisso o Cruzeiro terá o reforço do lateral direito Ceará, preservado na partida contra o Furacão e que reaparece na vaga de Mayke, o que deixa claro o objetivo de Marcelo Oliveira de reforçar a marcação no setor. Após cumprir suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) o atacante Dagoberto volta a ser relacionado, mas permanece como opção no banco de reservas.

Pelo lado do Botafogo, Oswaldo de Oliveira não poderá contar com o zagueiro Dória, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo na vitória de 2 a 1 sobre o Santos e terá que cumprir suspensão. Assim, André Bahia ganha uma oportunidade de formar dupla com Bolívar. O reforço fica por conta do meia uruguaio Lodeiro, que estava suspenso diante do Peixe e reaparece, provavelmente na vaga de Hyuri, que volta a ser amuleto para o segundo tempo.

As duas equipes já se enfrentaram neste Campeonato Brasileiro, pela terceira rodada, em confronto disputado no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Naquela ocasião o grande nome da partida foi Lodeiro, autor dos dois gols do Alvinegro. Anselmo Ramon descontou para a Raposa.

FICHA TÉCNICA -  CRUZEIRO X BOTAFOGO
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 18 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Anderson Moraes Coelho (SP) e Marcelo Barison (RS)

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Borges
Técnico: Marcelo Oliveira

BOTAFOGO: Jéfferson; Edilson, Bolívar, André Bahia e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Seedorf, Lodeiro e Elias; Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

*com Gazeta