Tamanho do texto

Atacante brasileiro debuta na Liga dos Campeões nesta quarta-feira, diante do Ajax, no Camp Nou

Messi, Neymar e Fàbregas comemoram gol do Barcelona contra o Valencia
Alberto Saiz/AP
Messi, Neymar e Fàbregas comemoram gol do Barcelona contra o Valencia

Neymar está pronto para fazer a primeira partida de sua carreira no maior torneio de clubes do mundo, justamente a 300ª de sua carreira profissional. O Barcelona enfrenta o Ajax, nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília) no Camp Nou, pela primeira rodada do Grupo B da Liga dos Campeões da Europa.

Comente esta notícia com outros torcedores

Assim como nos últimos treinos, Neymar e Messi mostraram muito entrosamento na atividade antes da partida, na terça. Brincaram, protagonizaram lances de efeito em uma atividade recreativa (espécie de roda de bobo) e permaneceram, quase sempre, lado a lado. Daniel Alves também acompanhou a dupla, mostrando que, de fato, foi um bom anfitrião para o jovem na adaptação ao clube. Durante os 15 minutos de aquecimento aberto à imprensa, o brasileiro foi um dos mais animados, batendo palmas, pulando e se divertindo ao lado do melhor jogador do mundo.

Além do trabalho recreativo, "estrelado" por Messi e Neymar, os jogadores do Barcelona fizeram um aquecimento dividido em dois grupos, no qual os perdedores eram obrigados a correr em volta de uma roda. Durante a atividade, cada grupo tinha que dar três toques de cabeça e, na sequência, colocar a bola numa zona definida e limitada do campo adversário. Uma ‘mistura’ de tênis e futevôlei. O argentino e o brasileiro formaram a mesma equipe e duelaram contra Iniesta, Pique, Puyol e Xavi. Apesar da descontração, ambos demostraram vontade de vencer até mesmo na brincadeira.

E é com esse espírito que o Barcelona entrará em campo nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), para enfrentar o Ajax Além das duas equipes, Milan e Celtic completam a chave, que conta com quatro campeões continentais. O Barcelona deve estrear com: Valdés; Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Xavi e Iniesta; Alexis Sanches (Pedro), Neymar e Messi.



* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.