Tamanho do texto

América do Sul é o continente que paga menos pelos direitos de exibir a competição, e Brasil se destaca frente aos vizinhos

A Premier League receberá US$ 3,44 bilhões (R$ 7,80 bilhões) de emissoras de televisão estrangeiras entre 2013 e 2016. Os valores dos contratos, revelados pelo site Sporting Intelligence , colocam a Ásia como mercado que mais paga para exibir o futebol inglês.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Inglês

Somados todos os contratos do continente, a Ásia desembolsa US$ 1,47 bilhão (R$ 3,33 bilhões). A Europa, excluídos os países do próprio Reino Unido, aparece em segundo lugar, com US$ 897 milhões (R$ 2,03 bilhões). A América do Sul é o continente que paga menos: US$ 150 milhões (R$ 340,5 milhões).

Leia mais:  Preços de ingressos para partidas do Campeonato Inglês variam até 840%

Entre os países sul-americanos, é justamente o Brasil quem paga mais caro para exibir a Premier Legue. O contrato brasileiro, dividido entre FOX e ESPN, tem o valor de US$ 45 milhões (R$ 102,1 milhões). Para se ter uma ideia, o maior contrato do mundo é o da Tailândia, de US$ 320 milhões (R$ 726,4 milhões), seguido por Cingapura, com US$ 297 (R$ 674,19 milhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.