Tamanho do texto

A medida da mágoa dos torcedores do Grêmio com o craque do time mineiro já pôde ser verificada duas vezes

No dia em que comemora 110 anos de fundação, o Grêmio receberá um visitante indigesto na Arena. A partida deste domingo, a partir das 18h30 (horário de Brasília), será contra o campeão da Libertadores, o Atlético-MG, de Ronaldinho, desafeto da torcida gremista. Válido pela 21ª rodada do Brasileirão, o jogo pode aproximar o Tricolor da briga pela liderança do campeonato.

Veja como está a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

A medida da mágoa dos torcedores do Grêmio com o craque do Galo pôde ser verificada duas vezes. Em 2011, jogando pelo Flamengo, Ronaldinho sofreu uma das maiores vaias da história do Olímpico na vitória gremista de virada por 4 a 2. No ano passado, ele deu o troco com a vitória do Atlético-MG por 1 a 0 em Porto Alegre. O motivo da bronca é antigo: vem desde a saída do meia do Grêmio para o Paris Saint-Germain em 2001 e aumentou após a ida dele para o Flamengo, em detrimento do Tricolor, no começo de 2011.

Ronaldinho vai reencontrar o Grêmio
Jorge Saenz/AP
Ronaldinho vai reencontrar o Grêmio

No entanto, além do rancor, os gremistas guardam bons sentimentos para o jogo deste domingo, e um deles é a esperança. Com sete vitórias nas últimas oito rodadas, o Grêmio vive grande fase. Na última quarta-feira, a equipe de Renato Gaúcho derrotou o Náutico, por 2 a 0, na Arena Pernambuco, ganhando a quarta das últimas cinco partidas disputadas longe de Porto Alegre e se aproximando da briga pelo título. O treinador não esconde a satisfação com a ótima sequência de sua equipe na temporada.

"O campeonato é longo e difícil, todos querem ganhar. O importante é que fizemos mais uma vez a nossa parte fora de casa, e agora teremos duas partidas diante da nossa torcida. Digo aos meus jogadores que o importante é se manter no G-4, porque uma hora alguém tropeça", afirmou Renato, lembrando que depois do Galo o Grêmio jogará novamente na Arena, quarta que vem, contra o Santos.

Para o jogo deste domingo, o técnico gremista terá a volta de Alex Telles, que foi poupado do jogo de Recife devido ao cansaço. Wendell, que foi seu substituto na vitória sobre o Náutico, teve grande atuação na Arena Pernambuco, mas ficará no banco de reservas. Uma dúvida é quanto à segunda função do meio: de volta da seleção paraguaia, Riveros pode retomar a titularidade no lugar de Ramiro.

O principal desfalque da equipe, além do lesionado zagueiro Werley, que será substituído por Gabriel, é Kleber. O Gladiador levou o terceiro amarelo na partida contra o Náutico e cumpre suspensão. Eduardo Vargas, que marcou três gols nos últimos dois jogos pela seleção chilena, comporá o ataque com Barcos. Ele não começa um jogo pelo Grêmio desde 20 de julho, quando o Tricolor enfrentou o Criciúma em Santa Catarina.

O Atlético-MG não perde há nove jogos, mas o clube colecionava uma série de empates, que já estavam incomodando. Isso mudou quando Galo venceu o Coritiba, na rodada passada, triunfo que serviu de motivação para os alvinegros. Para confirmar a reação, os atleticanos precisam melhorar o desempenho fora de casa, o que os atletas querem começar a fazer já diante do Grêmio.

O retrospecto longe do Independência mostra que o Galo venceu apenas uma partida, empatou em quatro oportunidades e foi derrotado em cinco ocasiões. Nos nove jogos fora de casa, o Atlético-MG marcou apenas quatro gols, situação que o atacante Jô quer mudar. O jogador ainda não tinha marcado no Brasileiro e anotou logo três gols diante do Coxa, o que motivou o artilheiro do time e da Seleção Brasileira.

"A Seleção Brasileira fez bem. Foram seis gols nos últimos três jogos, espero que continue assim na sequência. Isso ajuda na motivação, eleva o moral. O Atlético-MG precisa vencer fora de casa, espero que comece contra o Grêmio. Será um jogo difícil, mas temos condições de obter um bom resultado", disse.

Para essa partida, o técnico Cuca vai contar com o retorno do atacante Diego Tardelli, que pediu para ser poupado no duelo contra o Coritiba e foi atendido pela comissão técnica. Além de Tardelli, o Galo terá a volta do volante Leandro Donizete, afastado da equipe nas últimas semanas por conta de uma grave lesão muscular. O jogador deverá ser opção no banco de reserva, já que a condição física ainda não é a ideal.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-MG

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 15 de setembro de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)

GRÊMIO: Dida; Gabriel, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro (Riveros), Zé Roberto e Alex Telles; Vargas e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver e Júnior César; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho; Fernandinho e Jô
Técnico: Cuca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.