Tamanho do texto

Outras mudanças podem acontecer. Recém-contratados, o meia Zé Roberto e o volante Rivaldo foram testados e ainda podem ser surpresas

Nesta quinta-feira, o Figueirense fez no estádio Orlando Scarpelli seu último treino antes de viajar para Recife, onde o time enfrenta o Sport, sábado, às 16h20, pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Para a partida, o técnico Vinícius Eutrópio deve promover algumas alterações no meio-campo da equipe.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Fora por lesão pelos próximos 30 dias, o meia Tchô dará lugar a Rodrigo, que retorna após cumprir suspensão no meio de semana. Outra mudança ocorre por opção do treinador. Entre os volantes, Tinga deixa a equipe para a entrada de Luan. Segundo o comandante alvinegro, a escolha é uma tentativa de dar mais proteção à defesa: "É para reforçar a marcação, apesar de não estramos sofrendo pressão. Mas é um reforço a mais no sentido de proteção à zaga".

Outras mudanças ainda podem ocorrer no setor. Recém-contratados, o meia Zé Roberto e o volante Rivaldo, foram testados entre os titulares na parte final do treino e ainda podem ser surpresas de último momento na escalação.

"Nós temos a perda do Tchô e o retorno do Rodrigo, então é uma substituição aguardada. E temos também uma condição melhor dos contratados e isso dá mais opção. Mas a tendência é que eles não comecem a partida", explicou Eutrópio.

No entanto, até o momento, o time que inicia a partida deve ser formado por: Tiago Volpi; André Rocha, Douglas Marques, Bruno Pires e Wellington Saci; Nem, Luan, Maylson e Rodrigo; Ricardinho e Rafael Costa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.