Tamanho do texto

Técnico Enderson Moreira não só nega a intenção de dar o troco nesta quarta como reconhece os méritos dos mineiros na vitória do primeiro turno

No primeiro jogo que fez no Brasileirão, o Goiás foi goleado pelo Cruzeiro por 5 a 0. Pouco menos de três meses depois, as duas equipes voltam a se enfrentar. Apesar do placar dilatado do confronto pelo primeiro turno, o duelo desta quarta-feira no Serra Dourada não é encarado pelo time goiano como uma revanche.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O técnico Enderson Moreira não só negou a intenção de dar o troco como reconheceu os méritos do adversário na última partida: "Vingança, não. O Cruzeiro jogou com qualidade e fez cinco gols merecidos. Tivemos uma tarde infeliz, principalmente na bola parada. Não tomamos muitos gols assim, mas naquele dia foram três ou quatro. Foi um adversário que venceu de maneira incontestável e precisamos agora fazer um grande jogo".

O atacante Neto Baiano compartilha a opinião do treinador e exaltou a vantagem de jogar como mandante desta vez: "Não temos que pensar em dar troco, temos que pensar em fazer um bom jogo. Sabemos que aqui no Serra é muito difícil baterem nosso time. Temos que manter a postura que apresentamos em outros jogos, correr e marcar muito para sairmos vitoriosos. Jogar com raça, determinação, marcar forte e aproveitar as oportunidades".

"Temos que correr mais do que eles. Vai ser um jogo difícil, vamos respeitá-los, mas vamos manter a força que temos em casa, e a torcida vai ajudar", completou o atacante, provável substituto do lesionado Walter, que deve ser o grande desfalque da equipe para a partida.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.