Tamanho do texto

"A Ponte Preta sempre foi um time de guerreiros, é claro que vamos sair dessa situação", disse o meio-campista

Na penúltima colocação da Série A do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta apresentou novidades no confronto deste sábado, contra o Internacional, no Estádio Moisés Lucarelli. O treinador Jorginho promoveu a estreia do atacante Leonardo e do volante Fellipe Bastos, além de colocar o meia Adrianinho pela primeira vez como titular. Depois de iniciar a partida, o jogador mostrou confiança na permanência do time campineiro.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"A Ponte Preta sempre foi um time de guerreiros, é claro que vamos sair dessa situação. O Moisés Lucarelli sempre foi uma força para a Ponte Preta e precisamos voltar a ter o estádio como aliado nosso", afirmou Adrianinho, ciente de que a equipe campineira terá uma árdua caminhada para se livrar do rebaixamento.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Na partida diante do Internacional, neste sábado, a Ponte Preta fez um bom primeiro tempo, que terminou empatado em 1 a 1, mas errou bastante na volta do intervalo e viu o Colorado mostrar sua força para garantir a vitória no Moisés Lucarelli. O atacante William classificou o segundo tempo campineiro como "não digno de Série A", mas Adrianinho preferiu ser mais cauteloso.

"Não tivemos o aproveitamento que queríamos, que seria a vitória, mas tivemos algumas coisas boas. O nosso primeiro tempo foi muito bom, tivemos a bola na área deles muitas vezes para poder marcar. Fizemos um gol e controlamos bem o jogo. Infelizmente os detalhes acabaram nos trazendo a derrota. Mas há tempo para revertermos o quadro e vamos fazer isso", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.