Tamanho do texto

"Claro que não era o que a gente esperava. Mas, por tudo o que fizemos no primeiro semestre, essa posição pode ser considerada como boa", disse o técnico

O Atlético-MG não perde há oito jogos, mas ao mesmo tempo não vence há três partidas, sequência de empates que já começa a incomodar a torcida alvinegra. Nas últimas oito exibições, foram apenas duas vitórias contra seis empates. O técnico Cuca admite que a situação não é a ideal, mas aposta que o time pode evoluir no returno do Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"Estamos há oito jogos sem perder. É preciso lembrar que, em alguns jogos do Brasileiro, ainda estávamos envolvidos com a Libertadores. Se vencermos o jogo atrasado contra a Ponte Preta, chegamos a 25 pontos, o que nos daria uma posição intermediária na tabela. Claro que não era o que a gente esperava. Mas, por tudo o que fizemos no primeiro semestre, essa posição pode ser considerada como boa", disse.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Contra o Vitória, o Atlético-MG fez um primeiro tempo apenas discreto, mas as mudanças na segunda etapa ajudaram o time a melhorar na partida na avaliação do treinador alvinegro. "As mudanças surtiram os efeitos esperados. Não tínhamos o Jô nem o Alecsandro. Quando centralizamos o Fernandinho, o time melhorou e começamos a tocar melhor a bola, jogando no campo do adversário. Ele ainda vai evoluir muito ao lado do Ronaldinho. Seria injusto perder", declarou.

Na próxima quinta-feira, o Galo vai encarar o Coritiba, no Independência, e Cuca espera ter uma time reforçados com alguns dos atletas que ficaram fora contra o Botafogo. Jô e Marcos Rocha que servem a Seleção Brasileira são aguardados. "Temos que esperar para ver se eles vão voltar da Seleção Brasileira. Até quinta-feira, o time vai encorpando", garantiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.