Tamanho do texto

Empate dentro de casa contra o Náutico faz Corinthians ver o Cruzeiro ainda mais distante na liderança do Campeonato Brasileiro

Danilo tenta dominar a bola cercado por marcadores do Náutico
Luís Moura/Gazeta Press
Danilo tenta dominar a bola cercado por marcadores do Náutico

A distância para o líder Cruzeiro era de oito pontos e chamada de "absurda" por Alessandro no início da rodada. Aí o Corinthians tropeçou em casa no lanterna Náutico e viu a diferença para a equipe mineira subir para dez. Brigar pelo título já parece algo bem pouco realista, mas os jogadores procuram ainda manter as esperanças.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Ainda temos 19 jogos. Lógico que a diferença é grande, mas tem muito jogo pela frente", afirmou o meio-campista Danilo.

Veja a classificação do Brasileirão

Mesmo sem conseguir derrotar o pior time da competição, os atletas se apegam ao fato de que ainda enfrentarão o primeiro colocado. O Corinthians vai encarar Botafogo, Goiás e Ponte Preta antes de receber o atual líder -- com os portões do Pacaembu fechados.

"Ainda tem um turno inteiro pela frente, vamos jogar contra eles. Precisamos diminuir essa vantagem até a rodada em que vamos enfrentá-los para o pessoal começar a olhar no espelho retrovisor e ver que a gente está chegando. É preciso ter paciência e buscar um segundo turno melhor", disse Alessandro.

Como a maioria de seus companheiros, o lateral direito apontou os constantes desfalques do Corinthians nas últimas partidas - contra o Náutico, foram oito. "É difícil. Tivemos dois ou três dias para nos entrosar com a equipe alterada em todos os setores. Fomos mesmo na base da vontade, da garra, da determinação."

Será necessário mais do que empenho na segunda metade do Campeonato Brasileiro, mesmo que seja apenas para buscar uma vaga na próxima Libertadores. "Fomos campeões brasileiros recentemente e sabemos o que é necessário para chegar ao título", assegurou Alessandro.

Veja imagens dos jogos deste domingo pelo Brasileirão

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.