Tamanho do texto

De volta ao clube italiano, brasileiro não só é escalado entre os titulares como entra em campo com a faixa de capitão na vitória por 4 a 0 sobre o Chiasso

Kaká carrega a bola em ataque do Milan durante a goleada sobre o Chiasso
Gabriele Putzu/AP
Kaká carrega a bola em ataque do Milan durante a goleada sobre o Chiasso

De volta ao Milan após quatro temporadas no Real Madrid, Kaká reestreou pelo clube italiano neste sábado. O meia brasileiro não só foi escalado entre os titulares no amistoso contra o Chiasso, disputado na Suíça, como entrou em campo com a faixa de capitão e demorou apenas sete minutos para se destacar. Isso porque foi dos pés dele que saiu o passe para Nocerino marcar o gol que abriu caminho para a vitória por 4 a 0 dos italianos.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O gol do volante italiano que começou com Kaká não foi o único com participação brasileira na partida. Isso porque Robinho, também escalado entre os titulares, marcou o terceiro dos italianos. Silvestre e Saponara completaram a goleada.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

Kaká foi escalado como meia de ligação pelo técnico Massimiliano Allegri, jogando atrás da dupla de ataque formada por Robinho e pelo italiano Alessandro Matri. Ele esteve em campo apenas no primeiro tempo e acabou dando lugar ao jovem francês M'Baye Niang no intervalo.

“Milan atuou muito bem e foi um prazer poder jogar", disse Kaká ainda no intervalo da partida. “Eu estou sentindo um pouco de falta de ritmo de jogo e ainda precisamos melhorar, mas temos condições para isso. Aos 31 anos, aprendi muita coisa. Posso escolher melhor meus passes e cometer menos erros”, completou o brasileiro.

Kaká terá a oportunidade de reestrear em jogos oficiais pelo Milan no próximo sábado, quando a equipe visitará o Torino pela terceira rodada do Campeonato Italiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.