Tamanho do texto

Com um mal-estar, o atacante e o zagueiro André Luiz não participaram das atividades desta sexta-feira, em Goiânia. Os dois não preocupam para o duelo contra o Atlético-GO

Alan Kardec não treinou nesta sexta
SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESS
Alan Kardec não treinou nesta sexta

Já sem Juninho, Fernandinho, Ronny, Marcelo Oliveira e Léo Gago, machucados, Henrique, Valdivia e Eguren, convocados para suas seleções, e em dúvida sobre Wesley e Mendieta, que podem ser suspensos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Palmeiras treinou desfalcado de André Luiz e Alan Kardec nesta sexta-feira, em Goiânia. Apesar disso, a comissão técnica alega que nenhum dos dois preocupa para enfrentar o Atlético-GO neste sábado.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O centroavante e o zagueiro nem saíram do hotel que está a delegação. O problema foi um "mal-estar", de acordo com assessoria de imprensa do clube, e ambos foram poupados para se recuperar e embarcar com o resto da equipe para Itumbiara, a 200 quilômetros da capital goiana.

Dos dois, quem mais preocupa é Alan Kardec. O atacante tem fundamental importância por ser a referência no 4-3-3 que o treinador cogita. Sem ele, a única opção para manter o esquema seria o jovem Caio. Já André Luiz será reserva. Embora tenha sido titular e quase feito gol contra a Chapecoense, o zagueiro perderá sua vaga para Vilson, de volta após frustrada negociação com o Stuttgart.

Com quem tem à disposição, Kleina trabalhou na manhã desta sexta-feira no Centro de Treinamento Serrinha, que pertence ao Goiás. As atividades foram com cruzamentos e finalizações antes do rachão. Os últimos passos foram cobranças de faltas e pênaltis.

Os exercícios foram esvaziados por conta dos problemas no elenco. Os obstáculos físicos não se limitaram ao mal-estar de Alan Kardec e André Luiz. Ronny, por entorse no tornozelo direito, Juninho, com pubalgia, Fernandinho, que reclamou de dores na coxa esquerda, Marcelo Oliveira, em recuperação de fisgada na panturrilha direita, e Léo Gago, que busca melhor condicionamento após operar o tornozelo direito em maio, ficaram em São Paulo.

A delegação também foi desfalcada pelos compromissos das seleções. Henrique está com o Brasil, enquanto Valdivia treina no Chile e Eguren com o Uruguai. Completando a lista de problemas, Wesley e Mendieta serão julgados nesta sexta-feira pela confusão em que se envolveram com jogadores do Paysandu e só chegarão a Goiás horas antes do jogo se não forem punidos.

Com tantas dificuldades, o Palmeiras terá ao menos uma improvisação na lateral. O volante Wendel pode ser usado na esquerda ou na direita - neste último caso, obrigaria o lateral direito Luis Felipe a atuar na posição de um camisa 6. Na frente, como é dada como certa a suspensão de Mendieta, Felipe Menezes será titular. Vinicius é a provável novidade no 4-3-3, assim como a volta de Leandro. O volante Charles está de prontidão tanto para substituir Wesley quanto para entrar no 4-4-2, se Kleina mudar de ideia.

Neste ambiente, o Palmeiras tenta acabar com uma sequência de quatro partidas sem vitória, provavelmente, com a seguinte escalação: Fernando Prass; Wendel, Vilson, Tiago Alves e Luis Felipe; Márcio Araújo, Charles e Felipe Menezes; Vinicius, Leandro e Alan Kardec.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.