Tamanho do texto

"Se ele (Autuori) precisar do Rogério, tenho certeza de que vai bater de novo. Mas, se optar por mim, vou trabalhar para bater também", disse o atacante

O atacante Aloísio esteve cobrar o pênalti na partida do São Paulo contra o Criciúma, na noite de quinta-feira, mas desistiu instantes antes da cobrança e cedeu a bola a Rogério Ceni, que perdeu a oportunidade. Apesar de o capitão ter desperdiçado a chance de evitar a derrota por 2 a 1 , o centroavante defendeu o camisa 1, embora tenha se oferecido para assumir a missão.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"Se ele (o técnico Paulo Autuori) precisar do Rogério, tenho certeza de que vai bater de novo, porque é um grande jogador e também pessoa. Mas, se optar por mim, vou trabalhar para bater também", disse Aloísio

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Rogério Ceni lamenta pênalti perdido na derrota para o Criciúma, no Morumbi
Djalma Vassão/Gazeta Press
Rogério Ceni lamenta pênalti perdido na derrota para o Criciúma, no Morumbi

Logo depois da partida, que terminou com o triunfo por 2 a 1 do Criciúma, Aloísio já havia defendido o goleiro. Porém, o técnico Paulo Autuori indicou que deve trocar o batedor oficial do clube, até porque o maior ídolo da torcida tricolor já falhou em três pênaltis na temporada.

Leia mais:  São Paulo admite salvação como única meta e vai mudar batedor de pênalti

"Peguei a bola e ia bater o pênalti porque conversei com o Luis Fabiano e não teria problema. Depois, vi que o Rogério estava vindo e saí, porque é o melhor batedor da equipe. Não seria eu que falaria para não bater", afirmou Aloísio.

Após dois pênaltis desperdiçados por Rogério Ceni, contra Bayern e Portuguesa, Paulo Autuori chegou a trocar de batedor. No jogo contra o Flamengo, Jadson teve a chance de garantir a vitória são-paulina numa penalidade no fim do jogo, mas também falhou na cobrança.

Com o tropeço frente ao Criciúma, o São Paulo permanece na zona de rebaixamento, com 18 pontos. Aloísio, porém, diz que o elenco está confiante. "Nós temos de continuar lutando e não vamos nos abater. Não vai ter crise nenhuma, isso não vai nem entrar em nosso grupo. Vamos seguir até o fim para não ter nada disso", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.