Tamanho do texto

Apenas um ponto separa as equipes na classificação. Com 16, a Portuguesa é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. A Ponte Preta aparece logo atrás, com 15

Adversárias diretas na briga contra o rebaixamento, Portuguesa e Ponte Preta fazem duelo importante na luta para sair da zona de rebaixamento. A partir das 21h (de Brasília) desta quarta-feira, as duas equipes entram em campo no Canindé cientes de que podem deixar o grupo dos quatro últimos colocados já na 18ª rodada, em caso de vitória.

Veja como está a classificação atualizada do Brasileirão

Apenas um ponto separa as equipes na classificação. Com 16, a Portuguesa é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento - dois abaixo do Fluminense. A Ponte Preta aparece logo atrás, com 15.

Jorginho chegou recentemente à Ponte Preta
Divulgação
Jorginho chegou recentemente à Ponte Preta

"Temos consciência de que o vencedor do jogo tem chances de deixar a zona de rebaixamento já nesta rodada. Por isso, creio que esse confronto direto contra a Ponte Preta terá a mesma magnitude de um clássico, com disputa forte pela posse de bola e marcação pesada", analisa o lateral esquerdo Rogério.

A teoria do jogador da Portuguesa é comprovada nas palavras de Roberto, goleiro da Ponte Preta. Segundo o jogador, a Macaca irá ao Canindé para evitar que a rival vença e abra vantagem na tabela de classificação. Para isso, não abdicará da forte marcação e de, se necessário, segurar o empate.

"É uma partida importantíssima. O fundamental para nós será somar pontos. Não podemos sair do Canindé sem somar pontos, isso é o mais importante. Se a vitória vier, excelente, mas o principal objetivo a meu ver é voltar a pontuar", admite o arqueiro alvinegro.

Sem os meias Giovanni, suspenso, e Ramírez, a serviço da seleção peruana, o técnico Jorginho não confirma o time que entrará em campo. Isto porque ele depende da situação de Fellipe Bastos no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

"Ele está pronto para jogar. Não vejo nenhum problema no fato de ele chegar e já jogar. Pode faltar um pouco de entrosamento, mas isso é superado com uma boa comunicação. Se der tudo certo, ele provavelmente vai começar jogando. É um jogador que vai nos ajudar muito com a sua força ofensiva", elogia o treinador.

Caso seu nome apareça até a noite desta terça-feira, o recém-contratado será o encarregado da armação ao lado de Rafinha, substituto de Giovanni. Se não, o volante Fernando inicia o jogo entre os onze.

Do outro lado, Guto Ferreira não poderá contar com Ferdinando, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. William Arão foi confirmado em seu lugar. Esta será a primeira partida do treinador contra a Ponte Preta desde que deixou o clube, no início de junho.

"Será um jogo como qualquer outro, com a mesma necessidade de vitória. O tempo que passei lá me proporcionou bons momentos e ricas amizades. Tenho respeito por todos os profissionais que estiveram ao meu lado naquele período", diz.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X PONTE PRETA

Local: Estádio Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 4 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Alexandrino (ambos de SP)

PORTUGUESA: Lauro; Luís Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique, Moisés e Souza; Gilberto e Diogo
Técnico: Guto Ferreira

PONTE PRETA: Roberto, Régis, Betão, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fernando (Fellipe Bastos) e Rafinha; Chiquinho e William
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.