Tamanho do texto

Mesmo com sufoco no segundo tempo, equipe de Florianópolis venceu por 2 a 1, em casa

Apesar do susto no segundo tempo, o Figueirense recebeu o Bragantino e venceu por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Orlando Scarpelli, pela última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro.  O time de Bragança Paulista conheceu a derrota depois de sete jogos de invencibilidade. 

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Com diversas mudanças no time titular, o técnico Vinícius Eutrópio conseguiu surpreender os paulistas e abrir dois gols de vantagem antes dos 30 minutos do primeiro tempo com Ricardinho e Rafael Costa. Na etapa complementar, a equipe de Bragança Paulista cresceu de produção, descontou com um golaço de Dudu, mas não evitou a derrota, permanecendo com 26 pontos. Já o Figueira vai a 29 para voltar a sonhar com o G-4.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro Série B

Na próxima rodada, 20ª e primeira do segundo turno, o Figueirense viaja para o interior do Rio Grande do Norte para encarar o América-RN. O jogo está marcado para as 19h30 (de Brasília) de sexta-feira no estádio Nazarenão, em Goaininha. No mesmo dia, mas às 21h50, o Bragantino recebe o Joinville no estádio Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 1 BRAGANTINO

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 03 de setembro de 2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Alexandre Kleiniche e João Monteiro de Souza Júnior, ambos do RS
Cartões amarelos: Nem, Rodrigo e Hildo (Figueirense); Geovanni, Thiago Miracema e Tiaguinho (Bragantino)

Gols:
FIGUEIRENSE: Ricardinho, aos nove, e Rafael Costa, aos 25 minutos do primeiro tempo
BRAGANTINO: Dudu, aos 26 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; André Rocha, Douglas Marques, Bruno Pires e Wellington Saci; Nem, Tinga (Hildo), Rodrigo (Luan) e Tchô; Ricardinho (Pablo) e Rafael Costa
Técnico: Vinícius Eutrópio

BRAGANTINO: Leandro Santos; Diego Macedo, Álvaro, Raphael Andrade e Bruno Iotti; Yago, Carlinhos, Elias e Geovanni (Tiaguinho); Thiago Miracema (Dudu) e Lincom (Jenison)
Técnico: Vágner Benazzi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.