Tamanho do texto

Empate deixou as duas equipes mais distantes do G4, ocupando o sexto e o sétimo lugar na tabela respectivamente

Em uma partida com poucas oportunidades de gol, Coritiba e Internacional empataram sem tirar o zero do placar do Estádio Couto Pereira, desperdiçando uma boa chance para encostar no G-4 do Campeonato Brasileiro 2013. Com o resultado, o time paranaense chega aos 25 pontos, na sexta colocação. Logo atrás vem a equipe gaúcha, que empatou a sexta consecutiva, com um ponto a menos.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Logo aos dois minutos de bola rolando falta para Alex cobrar na entrada da área. O meia acertou a rede, mas pelo lado de fora. Dois minutos depois, mais bola parada para Alex eu levantou fechado na ara para Leandro Damião afastar o perigo. O Inter marcava forte, mas abusava das faltas. O Colorado devolveu na mesma moeda, aos oito minutos, com D’Alessandro, que exigiu boa defesa de Vanderlei.

Alex tenta lançamento observado por D'Alessandro no duelo entre Coritiba e Inter pela 17ª rodada
Gazeta Press
Alex tenta lançamento observado por D'Alessandro no duelo entre Coritiba e Inter pela 17ª rodada

Bill, aos 10 minutos recebeu cruzamento na medida de Geraldo e bateu de canela pra desperdiçar uma ótima chance para abrir placar. Aos 16 minutos, Escuro chegou na lateral da área e levantou para Bill, que pegou totalmente errado na bola. Com muita marcação pelos dois times, as chances de gol eram escassas e a partida equilibrada.

Em uma das poucas vezes que encontrou um espaço no meio da defesa gaúcha, aos 26 minutos, Alex e Geraldo subiram na mesma bola para testar e mandaram pela linha de fundo. Na resposta, aos 30 minutos, Jorge Henrique acertou um chute venenoso e Vanderlei desviou pra ceder escanteio. Cochilo da defesa do Inter, aos 34 minutos, Bill alcançou Júnior Urso, mas Willians apareceu para evitar o arremate. Aos 43 minutos troca de passes no ataque alviverde, mas sem opção para passar, Alex arriscou um chute fraco, fácil para Alisson.

Para a etapa final, ad equipes retornaram com as mesmas formações. Aos dois minutos, Alex cobrou escanteio, Chico subiu mais do que a defesa e cabeceou na trave. Aos seis minutos, Alex cobrou falta e Alisson defendeu no centro do gol. Com Bill apagado, Marquinhos Santos optou pela entrada de Júlio César.

Confira na galeria as imagens da 17ª rodada do Brasileirão:

O Colorado acordou e, aos 13 minutos, Gabriel partiu em velocidade, sem marcação, invadiu a área e mandou a bomba, pela linha de fundo. Aos 16 minutos, Lincoln cabeceou, a bola sobrou para Júlio Cesar, que escorreu antes de completar o lance. A chuva apertou no Alto da Glória, diminuindo ainda mais os lances com alguma qualidade técnica. As 28 minutos, Alex cobrou falta e Alisson apareceu para interceptar.

Com pouca criatividade em campo e muita marcação, apenas uma jogada individual poderia mudar o panorama da partida. Aos 31 minutos, D’Alessandro abiu espaço e chutou. O desvio em Chico quase matou Vanderlei e a bola saiu. Sem ter como fazer mais alterações, o Coxa não podia substituir Leandro Almeida, lesionado. Aos 37 minutos, Alan recebeu o segundo cartão amarelo e foi mais cedo para o chuveiro. Sem força, os times pareciam satisfeitos com o ponto ganho.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Botafogo, quinta-feira, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Já o Internacional pega o Corinthians, quarta-feira, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Veja lances da partida: 


FICHA TÉCNICA - CORITIBA 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 1º de setembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Nadine Schramm Câmara Bastos (SC) e Vicente Romano Neto (SP)

Cartões amarelos: Geraldo, Júnior Urso e Escudero (Coritiba); Alan e Jorge Henrique (Internacional)
Cartão vermelho: Alan (Internacional)

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Escudero; Júnior Urso (Bottinelli), William (Gil), Lincoln e Alex; Geraldo e Bill (Júlio César)
Técnico: Marquinhos Santos

INTERNACIONAL: Alisson; Gabriel, Alan, Juan e Fabrício; Ygor, Willians, Jorge Henrique e D’Alessandro; Forlán (Scocco) e Leandro Damião
Técnico: Dunga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.