Tamanho do texto

Sem vencer há sete partidas, time potiguar conseguir finalmente ganhar uma partida, sob o comando do novo treinador

Na estreia de Pintado como técnico do América-RN , neste sábado, a equipe potiguar venceu o São Caetano por 2 a 1, dentro de casa. O jogo foi movimentado e válido pela 18ª rodada da Série B . Além disso, marcou a volta dos anfitriões ao e stádio Nazarenão, em Goianinha (RN).

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Marcio Passos comemora gol do América-RN diante do São Caetano
Futura Press/Frankie Marcone
Marcio Passos comemora gol do América-RN diante do São Caetano

O resultado fez o time de Natal subir duas posições para a 17 ª, com 18 pontos, dois a mais e uma colocação acima do próprio São Caetano. O América-RN não vencia há sete rodadas na competição.

Confira a classificação atualizada da Série B

O São Caetano teve que lidar com a expulsão de seu artilheiro na competição, o meia Danilo Bueno, por ter posto a mão na bola dentro da área aos 38 minutos da primeira etapa. Ele já tinha um cartão amarelo.

Na próxima rodada, a última do primeiro turno, o clube do ABC tenta se recuperar diante do ASA, dentro de casa. Já o América-RN enfrente o Oeste, em Itápolis (SP).

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 2 X 1 SÃO CAETANO

Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN)
Data: 31 de agosto de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Francisco Rudson Rocha Aquino e Anderson Moreira de Farias (ambos do CE)
Cartões amarelos: Danilo Bueno, Rafael Santos, Diego Corrêa (São Caetano); Márcio Passos, Jimmy, Fabinho (América-RN)
Cartão vermelho: Danilo Bueno (São Caetano)
Gols:
AMÉRICA-RN: Márcio Passos, aos 22 minutos do primeiro tempo e Tiago Adan, aos33 do segundo tempo; SÃO CAETANO: Jael, aos 25 minutos do primeiro tempo

AMÉRICA-RN: Andrey; Norberto, Edson Rocha, Zé Antônio e Raí; Ricardo Baiano, Fabinho, Márcio Passos (Jimmy) e Vinícius Pacheco; Rodrigo Pimpão (Almir) e Vandinho (Tiago Adan)
Técnico: Pintado

SÃO CAETANO: Rafael Santos; Samuel Santos, Luiz Eduardo, Fred e Diego; Moradei, Pirão (Éder), Wagner Carioca (Rivaldo) e Danilo Bueno; Geovane e Jael (Anselmo)
Técnico: Sérgio Guedes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.