Tamanho do texto

Ex-craque do Atlético-MG entrou em campo aos 25 minutos do segundo tempo e viu sua equipe empatar em 1 a 1

No jogo que valia a liderança do Campeonato Ucraniano, o Shakhtar Donetsk, atuando em casa, ficou no empate por 1 a 1 com o líder da competição, Metalist, e perdeu a chance de assumir a ponta. A partida marcou a estreia de Bernard, ex-Atlético-MG e jogador da Seleção Brasileira, com a camisa 10 do Shakhtar. O meia entrou em campo aos 25 minutos da etapa final.

Bernard tenta superar a marcação de zagueiro do Metalist, no empate deste sábado
Divulgação/Site oficial do Shakhtar
Bernard tenta superar a marcação de zagueiro do Metalist, no empate deste sábado

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não tem como falar de tempo (para adaptação). Pode demorar um mês, uma semana. Estou trabalhando para isso acontecer o mais rápido possível. A adaptação vai acontecer aos poucos. O Campeonato Ucraniano não é tão conhecido, mas o nível é bem forte", disse Bernard após a partida, em entrevista a um canal ucraniano.

O placar do jogo foi aberto pelos donos da casa, aos 14 minutos do segundo tempo, com Stepanenko. Aos 32, Devic empatou a partida e garantiu a liderança ao Metalist, que chegou aos 20 pontos. O Shakhtar, ainda na segunda posição, agora tem 19.

O duelo marcou o encontro de muitos brasileiros. Pelo lado da equipe de Donetsk, estiveram em campo, além de Bernard, Alex Teixeira, Taison, Luiz Adriano, Fred, Douglas Costa e Eduardo da Silva (naturalizado croata). O Metalist teve Márcio Azevedo, Diego Souza, Cleiton Xavier e Rodrigo Moledo. O volante Fernando, ex-Grêmio e recém-contratado pelo Shakhtar, ficou no banco.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.