Tamanho do texto

Agora pelo Brasileirão, equipes voltam a se encontrar após duelos pela Sul-Americana, em que os baianos levaram a melhor

Lauro comemora gol contra o Flamengo
Adalberto Marques/Agif/Gazeta Press
Lauro comemora gol contra o Flamengo

Pela terceira vez em dez dias, a Portuguesa terá pela frente o Bahia nesta temporada. Depois de dois tropeços e a consequente eliminação na Copa Sul-Americana, a Lusa espera ter aprendido a lição para poder voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. Para o goleiro Lauro, o jogo deste sábado, às 18h30 (de Brasília) no Canindé, pode ser determinante para a reação da equipe.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Não podemos mais deixar passar pontos importantes, ainda mais jogando dentro de casa. Em nossos domínios temos que impor nossa forma de atuar e buscar a vitória desde o início. Temos que fazer deste final de semana um divisor de águas para a Portuguesa e contamos com a nossa torcida para um novo momento no Brasileirão", pediu o arqueiro.

E os sonhos do camisa 1 rubro-verde não se limitam à briga contra o rebaixamento à Série B. Lauro acredita que o time treinado por Guto Ferreira precisa se inspirar em metas mais ousadas, como por exemplo, disparar na tabela e buscar uma vaga na Copa Libertadores da América do próximo ano.

"Precisamos vencer e somar pontos desde já, mas não podemos nos desesperar. Ainda temos muitos jogos pela frente. Nos últimos anos, vimos times que estavam na zona do rebaixamento saltarem da ponta de baixo da tabela e classificarem para a Libertadores. É assim que devemos pensar quando entrarmos em campo", exaltou.

Atualmente, a distância entre a Portuguesa e o Atlético Paranaense, primeiro integrante da zona de classificação ao torneio continental, é de 14 pontos. Já para deixar o fantasma do rebaixamento para trás, o time do Canindé precisaria descontar quatro pontos do Criciúma, primeira equipe fora da zona da degola.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.