Tamanho do texto

Goleiro sentiu dores na mão direita, mas não será desfalque na partida contra o Santos

Diego Cavalieri, goleiro do Fluminense
Bruno Haddad/Fluminense FC
Diego Cavalieri, goleiro do Fluminense

Abatido após a eliminação para o Goiás na Copa Sul-Americana, o Fluminense enfrentará o Santos, sábado, às 21h, no Maracanã, sem ter feito um treino sequer para a partida.

Comente esta notícia com outros torcedores

Nesta sexta-feira, apenas os reservas foram ao campo da Escola de Educação Física do Exército, na Urca, para realizar a única atividade do time antes do confronto contra o Santos.

A única exceção entre os suplentes foi o goleiro Diego Cavalieri, o que no final quase causou mais uma dor de cabeça para o técnico Vanderlei Luxemburgo. O camisa 12 sentiu dores ao socar uma bola com a mão direita e assustou a comissão técnica, mas logo retomou às atividades e está garantido no time titular.

Mas mesmo com o goleiro confirmado, Luxemburgo tem outros cinco desfalques para a partida, todos por lesão, entre eles os volantes Jean e diguinho, o zagueiro Digão, o lateral Wellington Silva e o atacante Marcelinho. Por outro lado, o Fluminense terá a volta do artilheiro Fred, que retorna após cumprir suspensão na derrota contra o São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.