Tamanho do texto

Centroavante retorna após mais de dois meses afastado dos gramados por um edema ósseo e revelou que rival de sábado é um dos times pelo qual torcia quando criança

O treino de quinta-feira em Porangabuçu serviu para que o técnico Sérgio Soares definisse a equipe do Ceará que enfrenta o Palmeiras, neste sábado, às 21h, no Castelão. As últimas dúvidas do treinador eram os substitutos do meia Lulinha e do atacante Léo Gamalho, que estão suspensos, e do defensor Anderson Marques, lesionado. E os escolhidos para suprir as ausências foram o zagueiro Diego Ivo, o volante Xaves e o experiente atacante Mota.

O centroavante retorna após mais de dois meses afastado dos gramados por um edema ósseo, mas não só por esse motivo o jogo será especial para o veterano. Após o treino, Mota revelou que o Palmeiras um dos times pelo qual torcia quando criança.

"Quando eu era mais novo, eu gostava muito do Palmeiras. Era um time que eu tinha simpatia", declarou Mota. "Até quando joguei pelo Cruzeiro, contra o Palmeiras, ficava olhando para aquela chance de estar ali atuando no mesmo campo do time que eu simpatizava".

Com Mota no ataque, o time do Ceará que irá a campo no castelão deve ser o seguinte: Fernando Henrique; Marcos, Potiguar, Diego Ivo e Vicente; Xaves, João Marcos, Ricardinho e Rogerinho; Magno Alves e Mota.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.