Tamanho do texto

O centroavante será o novo camisa 9 do Milan e chega para disputar vaga no concorrido ataque rossonero, formado por Mario Balotelli e El Shaarawy

Após permanecer inativo em boa parte do mercado, o Milan começou a se movimentar a poucos dias do fechamento da janela de transferências do futebol europeu. Após negociar o ganês Kevin-Prince Boateng ao Schalke 04 , da Alemanha, o clube foi buscar um reforço em um dos seus maiores rivais: Nesta sexta-feira, anunciou a contratação do atacante italiano Alessandro Matri, ex-Juventus, para a nova temporada.

Milan negocia Kevin Prince Boateng com o Schalke e abre espaço para Kaká

O centroavante será o novo camisa 9 do Milan e chega para disputar vaga no concorrido ataque rossonero, formado por Mario Balotelli e El Shaarawy. Pode também, dependendo da escolha do técnico Massimiliano Allegri, formar um trio ofensivo de respeito ao lado de seus compatriotas.

Alessandro Matri trocou a Juventus pelo Milan
AP
Alessandro Matri trocou a Juventus pelo Milan

Para contar com o novo reforço, o Milan teve que desembolsar 10 milhões de euros (cerca de R$ 31 milhões). A contratação do atacante de 29 anos foi um pedido de Allegri, treinador que o comandou no Cagliari de 2008 a 2010.

Kaká aceita reduzir seu salário pela metade para retornar ao Milan

Além dele, a equipe italiana ainda pode se reforçar com o japonês Keisuke Honda, do CSKA Moscou, da Rússia, que está acertado para o início de 2014, mas, com o pagamento de uma cláusula, pode chegar agora, e com o brasileiro Kaká, que está insatisfeito no Real Madrid e teria aceitado reduzir seu salário pela metade para retornar a equipe pela qual se sagrou o melhor jogador do mundo em 2007. Contra o meia merengue, porém, ainda pesa os altos vencimentos pedidos pelo jogador, orçados em sete milhões de euros (aproximadamente R$ 22 milhões) anuais.

Alessandro Matri estava na Juventus desde 2010. Pela Velha Senhora, entrou em campo em 83 oportunidades e balançou as redes 29 vezes. Foi titular por quase duas temporadas, mas, neste ano, perdeu espaço na equipe comandada por Antonio Conte, que contratou Carlos Tevez e Fernando Lloriente para reforçar a posição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.