Tamanho do texto

Equipe baiana avançou na Copa Sul-Americana após eliminar a Portuguesa, na Fonte Nova

Depois de conquistar uma bela vantagem no primeiro jogo, quando derrotou a Portuguesa por 2 a 1, no Canindé, o Bahia não precisou fazer muito esforço para segurar o empate sem gols na Fonte Nova e garantir sua classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana . Ciente da história do clube, o zagueiro Titi ressaltou a importância do resultado desta quarta-feira, principalmente por recolocar o Bahia no cenário nacional.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Nosso objetivo era esse, sabíamos que era muito importante colocar o Bahia em um cenário internacional. Esta todo mundo de parabéns. Agora temos que pensar no Brasileiro, pois já temos um jogo difícil neste final de semana", ressaltou o defensor Titi, que usou a braçadeira de capitão diante da Portuguesa.

Primeiro time brasileiro a disputar a Libertadores, ainda em 1960, na primeira edição da competição continental, o Bahia estava longe do cenário nacional nos últimos anos. No ano passado, voltou a jogar a Copa Sul-Americana, mas caiu ainda na primeira rodada, diante do São Paulo, e não jogou a fase internacional do torneio.

Nas oitavas de final, o Bahia terá pela frente o Atlético Nacional de Medellín, que não teve dificuldades para eliminar o Guaraní do Paraguai. Antes disso, volta a enfrentar a Portuguesa neste sábado, às 18h30 (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.