Tamanho do texto

"É realmente um jogador que vem fazendo muita diferença e assumindo a responsabilidade nos momentos mais importantes", disse o técnico do Flamengo

Depois de perder a partida de ida pelo placar de 2 a 1, o Flamengo recebeu o Cruzeiro precisando a qualquer custo de um resultado positivo para se classificar na Copa do Brasil. E, aos 43 minutos do segundo tempo, Elias apareceu bem e fez o gol que garantiu o triunfo e a classificação do rubro-negro carioca.

Emocionado, Elias revela que pediu para sair, mas Mano o manteve em campo

Mesmo sem estar no auge de suas condições físicas, o meio-campista foi confirmado para entrar em campo momentos antes de apito inicial e seu empenho no duelo acabou sendo determinante para o sucesso do Flamengo. E, ao final do confronto contra os mineiros, o técnico Mano Menezes elogiou a apresentação de seu comandado.

Elias comemora o gol da vitória sobre o Cruzeiro, no Maracanã
Alexandre Loureiro/Gazeta Press
Elias comemora o gol da vitória sobre o Cruzeiro, no Maracanã

"Fizemos uma avaliação hoje à tarde, mas ainda ficou aberto para o aquecimento final, pois isso é uma questão muito pessoal. Tem jogador que chega no último momento e não se sente preparado para enfrentar um grau de dificuldade como esse sem estar em suas melhores condições. Obviamente, ele não estava 100%, mas a atitude dele foi importante para a equipe, que cresceu com isso, porque estava lá um companheiro dando o máximo pela equipe", falou o treinador do Flamengo.

Mano Menezes fez questão de exaltar a importância de Elias no atual elenco. "O que o Elias representa para a equipe no momento nós tivemos a oportunidade de ver no sábado, com a ausência dele", declarou. "Isso deixou bastante claro o quanto seria importante ele participar desse segundo jogo contra o Cruzeiro é realmente um jogador que vem fazendo muita diferença e assumindo a responsabilidade nos momentos mais importantes, mas também não vai existir Elias se o Flamengo não for uma boa equipe. Hoje fomos uma boa equipe e por isso o Elias decidiu individualmente com seu gol no final", prosseguiu o técnico.

Nas quartas de final da Copa do Brasil, o Rubro-negro encara o Botafogo, que eliminou o Atlético-MG com uma vitória por 4 a 2 em casa e um empate por 2 a 2 como visitante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.