Tamanho do texto

Derrota para o Atlético-PR não só tirou chance de disputar torneio continental como tirou a chance de defender o título da Copa do Brasil

Gilson Kleina, técnico do Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Gilson Kleina, técnico do Palmeiras

O principal título do continente não estará entre as metas do Palmeiras na temporada de seu centenário. Ao perder por 3 a 0 para o Atlético-PR em Curitiba e ser eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil, o clube, que completou 99 anos de fundação na segunda-feira, desperdiçou a sua última chance de se classificar para a Libertadores.

Comente esta notícia com outros torcedores

Como disputa a Série B do Brasileiro, o Palmeiras só tinha a oportunidade de estar no torneio sul-americano em 2014 se fosse campeão da Libertadores neste ano ou se conquistasse pela segunda vez consecutiva a Copa do Brasil. Não conseguiu nenhum dos dois.

O título na Copa do Brasil era bastante cobiçado pela diretoria para valorizar ainda mais o ano do centenário palmeirense. Fernando Prass, jogador mais velho do elenco, chegou a dizer que aceitaria ficar em segundo lugar na Série B do Brasileiro se a equipe ficasse com o troféu da Copa do Brasil, garantindo-se na Libertadores.

Para Wesley, Palmeiras passou vergonha ao levar 3 a 0 do Atlético-PR

Mas o atual campeão da Copa do Brasil caiu nas oitavas de final, primeira e única fase que disputou. Após não ser nada convincente na vitória por 1 a 0 na ida, no Pacaembu, o Palmeiras se apoiou demais na vantagem, teve uma péssima atuação em Curitiba e perdeu por 3 a 0 nesta noite.

Na Libertadores, o time de Gilson Kleina também parou nas oitavas de final. A equipe comemorou o empate sem gol com o Tijuana, no México, mas, com um frango histórico do goleiro Bruno, foi derrotado por 2 a 1 pelo clube da América do Norte no Pacaembu e passou a se dedicar exclusivamente à Série B do Brasileiro no semestre.

Agora, o Palmeiras, que não foi além das quartas de final do Paulista - primeira fase mata-mata da competição -, volta a pensar somente na segunda divisão nacional. A campanha rumo ao acesso tem sido convincente: o time lidera a Série B com quatro pontos e um jogo a mais em relação à Chapecoense, segunda colocada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.