Tamanho do texto

Derrotado por 2 a 0 no Rio, time comandado por Cuca precisa de uma vitória por dois gols de diferença no estádio Independência para seguir vivo na competição

O Atlético-MG terá novamente que provar a força do Horto. Em desvantagem perante o Botafogo nas oitavas de final da Copa do Brasil após perder o jogo de ida por 4 a 2, o time comandado por Cuca precisa de uma vitória por dois gols de diferença no estádio Independência para seguir vivo na competição, sua prioridade neste semestre antes da disputa do Mundial de Clubes. A partida será às 19h30 desta quarta-feira.

Atlético-MG ou Botafogo, quem você acha que avança na Copa do Brasil? Comente

Estádio Independência foi grande trunfo do Atlético-MG na Copa Libertadores
Getty Images
Estádio Independência foi grande trunfo do Atlético-MG na Copa Libertadores

"Desde quando a gente começou a decidir jogos, a torcida sempre acreditou. Agora não será diferente. A gente sabe como é a decisão. E tem que ter a mesma concentração dos outros jogos. É estar bem concentrado e focado para conseguir a classificação", afirmou o atacante Jô.

O respeito também foi adotado pelo lado carioca. O técnico Oswaldo de Oliveira destacou justamente a força do rival atuando em Belo Horizonte. Desde o 2011, foi somente uma derrota - para o Atlético-PR após a conquista inédita da Copa Libertadores.

"Nós vamos enfrentar uma grande equipe, que fez um grande jogo no Rio de Janeiro e que será muito mais forte em casa. Já jogamos contra eles em Minas Gerais (empate em 2 a 2) e foi uma partida difícil. A tendência é que isso se repita agora", disse o treinador botafoguense.

Botafogo venceu o jogo de ida por 4 a 2
Castro/ Agif/Gazeta Press
Botafogo venceu o jogo de ida por 4 a 2

Apesar da boa vantagem do Botafogo, o retrospecto atleticano na temporada anima a torcida. O time já superou os adversários por dois ou mais gols de diferença por 17 vezes nesta temporada. Dessas vitórias, 12 foram conquistadas no Horto.

Cuca terá retornos importantes para o jogo contra os cariocas. O goleiro Victor, o meia Ronaldinho Gaúcho e o atacante Fernandinho não atuaram contra a Portuguesa pelo Brasileiro por suspensão e voltam a ser titulares. Diego Tardelli e Pierre, que não jogaram no Maracanã, também estão de volta.

Já o Botafogo tem muitos problemas. Além de Vitinho, negociado com o CSKA, o clube não conta com o lateral direito Gilberto, vetado com lesão no músculo posterior da coxa direita, o volante Marcelo Mattos, vetado com acúmulo de cartões amarelos, e o atacante Elias, que não pode defender o time por já ter atuado no torneio pelo Resende.

O Atlético-MG precisa ganhar por 2 a 0 ou 3 a 1, já que os gols anotados como visitante valem para critério de desempate. Um novo 4 a 2 para os anfitriões leva a decisão as pênaltis.

FICHA TÉCNICA -  ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de agosto de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Fabio Pereira (TO)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho Gaúcho; Luan e Jô
Técnico: Cuca

BOTAFOGO: Jéfferson; Edilson, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Seedorf e Lodeiro; Rafael Marques e Alex
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.