Tamanho do texto

Vice-presidente de futebol do São Paulo admite decepção com desfalque do atacante, que não enfrenta o Botafogo por ter acumulado três cartões amarelos

Luis Fabiano, atacante do São Paulo
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Luis Fabiano, atacante do São Paulo

O atacante Luis Fabiano está suspenso novamente e desfalca o São Paulo . Desta vez, ele está fora de ação por causa do acúmulo de três cartões amarelos. Diante de mais uma ausência do atacante, o vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, reconheceu a decepção com a impossibilidade de o atleta entrar em campo diante do Botafogo.

"Claro que o ideal seria contar com ele o maior tempo possível, mas temos de entender que há determinadas circunstâncias em que nem ele consegue segurar. Achei que houve um pouco de excesso (do árbitro), mas não quero acobertar um comportamento mais explosivo", afirmou o dirigente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Luis Fabiano voltou à equipe do São Paulo no domingo, depois de duas partidas de ausência em função de dores lombares. Titular da equipe de Paulo Autuori, marcou o primeiro gol do time na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, em resultado que quebrou um longo jejum do clube paulista no Brasileirão.

Porém, pouco antes de ter balançado as redes, o atacante recebeu o cartão amarelo ao reclamar de um possível pênalti não marcado. Apesar de ter levado o cartão, o jogador continuo gesticulando para manifestar sua insatisfação.

"Óbvio que não ficamos felizes (com o cartão), na medida em que ele é um jogador importantíssimo. No domingo, ele mostrou por que é diferenciado, fazendo um gol que poucos imaginavam que pudesse ser feito", acrescentou o vice-presidente.

O problema para o técnico Paulo Autuori é ainda maior, já que o substituto imediato da posição, Aloísio, também recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Fluminense e está fora do jogo de domingo, no Maracanã.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.