Tamanho do texto

Time do Mato Grosso jogará com a vantagem do empate diante do Corinthians, por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil

Miasel faz o gol do Luverdense na vitória sobre o Corinthians no jogo de ida
Assessoria Luverdense
Miasel faz o gol do Luverdense na vitória sobre o Corinthians no jogo de ida

Em vantagem diante do Corinthians na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, o Luverdense procura aproveitar a exposição na véspera do confronto decisivo. Por outro lado, o atacante Misael, autor do polêmico gol no primeiro jogo , prefere se resguardar.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nesta terça-feira, a assessoria de imprensa do clube organizou uma entrevista no hotel que abriga a delegação em São Paulo. O lateral-direito Raul Prata, o volante Júlio Terceiro e o técnico Júnior Rocha conversaram com a imprensa. O pronunciamento do presidente Helmute Lawish não estava previsto, mas ele também respondeu perguntas.

Veja ainda: Luverdense obtém vitória merecida sobre Corinthians com gol ilegal

No total, os integrantes do modesto Luverdense falaram durante mais de 1 hora, algo inimaginável entre os grandes clubes do futebol paulista. Antes conceder entrevista, Lawish distribuiu seu cartão de visitas e, ao começar o discurso, procurou ser simpático.

“Quero agradecer em nome do clube. É uma satisfação ver a imprensa que cobre futebol dando luzes ao Luverdense. Não chegamos até aqui por acaso, mas sim com planejamento”, declarou o presidente do clube, que cumprimentou cada repórter ao final do evento. Contratado junto ao Vila Aurora-MT, Raul Prata, 26 anos, vê os confrontos com o Corinthians, transmitidos pela TV aberta para todo o Brasil, como uma oportunidade de mostrar serviço com a finalidade de tentar defender um clube de primeira linha no futuro.

E mais: Técnico do Luverdense diz que Tite é um dos seus espelhos no futebol

“Todo jogador pensa em jogar em um time grande. Estamos tendo a chance de mostrar nosso futebol para o Brasil e para o mundo inteiro. Alguns dos nossos jogos na Série C são transmitidos, mas não na TV aberta. É uma chance única para nós e um jogo especial na história do clube”, declarou.

Um dos jogadores mais experientes do grupo, Júlio Terceiro citou até a Copa do Mundo. “Nosso foco é divulgar o futebol do Mato Grosso. Teremos a Arena Pantanal em 2014 e essa é uma chance ótima de dar maior visibilidade ao futebol do estado”, afirmou.

Enquanto seus companheiros concediam longas entrevistas, Misael ficou calado. O atacante chegou a falar na chegada do Luverdense ao Aeroporto de Cumbica, mas, de acordo com a assessoria de imprensa, preferiu não participar da coletiva desta terça-feira.

“Respeito as particularidades de cada um. Estamos em um país democrático e as pessoas têm livre arbítrio. Essa foi a escolha dele e não posso obrigá-lo. É um jogador experiente, já defendeu o Vasco e sabe o que faz", declarou o técnico Júnior Rocha.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.