Tamanho do texto

Programa Vasco Dívida Zero formado por torcedores pagou mais uma dívida fiscal, no valor de R$ 47 mil

Enquanto o Vasco anuncia o acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), publicado no Diário Oficial desta segunda-feira, a torcida segue mostrando sua disposição em ajudar o clube a quitar as dívidas fiscais, impedindo o bloqueio de cotas de patrocínio e a entrada do dinheiro envolvendo a negociação de alguns jogadores.

Comente esta notícia com outros torcedores

Com a campanha Vasco Dívida Zero, lançada em maio deste ano, os torcedores chegaram à quitação da sexta dívida fiscal que o clube possuía com a Receita Federal. Desta vez, os fãs do clube carioca extinguiram uma dívida de mais de R$ 47 mil, que estava sob a inscrição nº 70.6.13.004779-53. No total, os vascaínos se aproximam dos R$ 650 mil já pagos em dívidas.

Através de Darf's, que podem ser impressos no site www.vascodividazero.com.br, os vascaínos conseguem pagar cotas das dívidas diretamente à Receita Federal, sem que o dinheiro passe pelas mãos dos dirigentes. Até agora são cerca de 14.300 cadastrados. E os torcedores prometem não descansar e querem fazer com que o Vasco zere suas dívidas fiscais antes do prazo estipulado com a PGFN, de cinco anos. Em breve, os vascaínos devem anunciar a quitação da dívida nº 70.5.13.002922-55, calculada em cerca de R$ 136 mil.

"Lembramos a todos que o acordo firmado com a Fazenda Nacional é de parcelamento das dívidas, não de perdão. Foram dadas garantias à Fazenda. Se a torcida não ajudar, o clube não irá cumprir os compromissos assumidos, não terá mais os patrocínios, ficará sem reforços e ainda perderá o que foi dado como garantia. Em resumo, ficará numa situação pior do que se encontrava no fim do primeiro semestre", disse Fernando Veiga, um dos idealizadores do Dívida Zero.

E a ideia dos vascaínos, que contabiliza pagamento vindo de todos os estados do Brasil, começa a chamar a atenção de outros clubes. Recentemente, torcedores do Santa Cruz também lançaram uma campanha para quitar as dívidas do clube. Com o "Santa Cruz sem dívidas", a torcida pretende ajudar o tradicional clube nordestino a saldar as dívidas, que somam mais de R$ 32 milhões.


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.