Tamanho do texto

Grupo também se mostrou disposto a modernizar o Parque Aquático Julio Delamare e o Estádio de Atletismo Célio de Barros

Maracanã está sob concessão
WAGNER MEIER/Agif/Gazeta Press
Maracanã está sob concessão

Nesta segunda-feira, a concessionária Maracanã Entretenimento apresentou ao governo do Rio de Janeiro um projeto prevendo investimentos como um estacionamento, museu, um restaurante e lojas na área próxima ao Maracanã, além de se colocar à disposição para modernizar o Parque Aquático Júlio Delamare e o Estádio de Atletismo Célio de Barros.

Comente esta notícia com outros torcedores

A continuidade da concessão foi colocada em dúvida desde que o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, optou por não demolir o parque e o estádio. A concessionária contava com o espaço para investimentos que gerariam lucro na região do estádio.

Também nesta segunda, aproximadamente 50 manifestantes se reuniram na sede da Odebrecht, no Rio de Janeiro, para reivindicar a revogação da concessão do Maracanã à iniciativa privada. A construtora é a sócia majoritária do consórcio que gere o estádio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.