Tamanho do texto

Palmeiras venceu o Atlético-PR em casa no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil e agora viaja para Curitiba para decidir quem avança no torneio

Alan Kardec, centroavante do Palmeiras
SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESS
Alan Kardec, centroavante do Palmeiras

O regulamento da maior parte das competições em formato mata-mata estabelece como vantagem jogar a partida de volta em casa, e privilegia os times de melhor campanha com esse benefício. Para o palmeirense Alan Kardec, no entanto, ser mandante no primeiro jogo pode ser melhor.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Eu até gosto de fazer a primeira partida em casa. Sair com uma vitória e saber que fazendo um gol fora você complica a vida do adversário é um fator muito importante", declarou Kardec.

Leia mais: Kardec não vê problemas em time misto na Série B: 'Está tudo encaminhado'

O centroavante espera um jogo disputado contra o Atlético-PR em Curitiba, e confia que a vitória por 1 a 0 no Pacaembu pode definir o confronto. "O jogo vai ser lá e cá. Aparecerão oportunidades para eles e para nós. (O Durival de Britto) é um estádio pequeno, onde a torcida faz pressão. Mas nossa equipe está acostumada".

Atlético-PR e Palmeiras se enfrentam às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira. Ao Verdão, basta um empate para garantir a passagem às quartas de final da competição e ficar à espera do vencedor do duelo entre Internacional e Salgueiro, que se enfrentam nesta quinta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.