Tamanho do texto

Volante estava garantido entre os titulares que enfrentam o Grêmio, pela Copa do Brasil

Alan Santos, volante do Santos
Flickr
Alan Santos, volante do Santos

O Santos ainda está indefinido para enfrentar o Grêmio, na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), na Arena do Grêmio. O técnico Claudinei Oliveira havia adiantado a escalação do volante Alan Santos como titular no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, mas o meio-campista teve um acidente doméstico, lesionando o pé, não treinou na manhã desta terça, no CT Rei Pelé, e por isso está fora da partida.

Comente esta notícia com outros torcedores

O experiente volante Marcos Assunção e o meia Leandrinho brigam pela posição. O volante machucou o pé direito ao pisar na tela de um computador, durante ensaio para uma peça de teatro em sua igreja.

Além de Alan Santos, o treinador santista não poderá contar, mais uma vez, com o lateral-direito Cicinho. O zagueiro Edu Dracena também será desfalque. Cicinho já defendeu a Ponte Preta na competição e, por esta razão, não pode jogar contra os gremistas. Rafael Galhardo será o seu substituto. Na zaga, Dracena, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, será substituído pelo jovem Gustavo Henrique.

No ataque, o novato Gabriel, que balançou as redes contra Grêmio e Vitória, respectivamente, será mantido ao lado de Thiago Ribeiro. Sendo assim, os alvinegros devem ir a campo com a seguinte escalação nesta quarta: Aranha; Rafael Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Mena; Alison, Marcos Assunção (Leandrinho), Cícero e Montillo; Gabriel e Thiago Ribeiro.

Portões fechados

Claudinei Oliveira optou por fechar os portões do CT Rei Pelé na manhã desta terça-feira, para encerrar a preparação para o jogo contra o Grêmio. Após conceder entrevista coletiva e comandar um rachão, o técnico resolveu focar o trabalho nas jogadas de bola parada, sem a presença dos jornalistas.

Alison ganha espaço no Santos, mas diz que precisa aprender a lidar com cartões

O treinador santista colocou os seus jogadores para treinarem, principalmente, cobranças de pênaltis. "Temos que estar preparados. Esperamos não chegar nessa situação, mas estamos fechando o treino para trabalhar pênaltis e outras jogadas de bola parada", disse.

O Santos pode empatar ou perder por um gol de diferença, desde que faça gols como visitante, para avançar na competição. Caso o Grêmio vença por 1 a 0, a decisão da vaga será nas cobranças de pênaltis.

"Sabemos que eles são muito fortes na Arena do Grêmio e não podemos dar brechas para que eles possam sair com a vitória. Esse gol qualificado, nesse sentido, pode ser que uma bola te salve. Temos que entrar propondo o jogo, não podemos esperar o Grêmio. Temos de fazer acontecer", concluiu Claudinei Oliveira.


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.