Tamanho do texto

Zagueiro apontou falhas de posicionamento após o empate em 3 a 3 com o Goiás

Mais uma vez, os problemas defensivos do Internacional acabaram minando a possibilidade de conquistar três pontos no Campeonato Brasileiro. No empate em 3 a 3 com o Goiás , a equipe sofreu três gols pela quarta vez no certame. Em nove das 16 partidas, o time de Dunga levou dois gols ou mais dentro da competição. São 24 sofridos, menos apenas do que Portuguesa (26), Vasco (27) e Criciúma (28).

Comente esta notícia com outros torcedores

O zagueiro Juan faz uma autocrítica sobre o assunto: "O sistema defensivo não está funcionando como um todo. Ele começa lá em cima e termina aqui atrás. A gente se desliga em alguns momentos do jogo, e só conversa não adianta. O nosso time busca o jogo durante os 90 minutos, mas acaba dando espaço", analisou o defensor.

O centroavante Leandro Damião fez análise semelhante, e também colocou parte da culpa das fragilidades defensivas da equipe no ataque: "Jogando em casa a gente precisa vencer. A gente tentou, conseguimos fazer gols, mas temos que ajudar a marcar lá na frente. Estamos tomando muitos gols e precisamos estar atentos a isso", entende o camisa 9, autor do golaço que sacramentou o 3 a 3 no Vale.

Veja como está a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

O empate com o Goiás foi o quinto seguido do Inter no Campeonato Brasileiro. A equipe de Dunga não vence há seis rodadas na competição. Oitavo colocado, com 23 pontos, o Internacional visita o Coritiba no próximo domingo. Antes, a equipe vai a Salgueiro enfrentar o time homônimo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.