Tamanho do texto

Atacante foi titular do Vasco em Mané Garrincha, teve chance de virar o jogo, mas falhou

Marlone faz jogada observado por Emerson Sheik
Flickr oficial do Vasco
Marlone faz jogada observado por Emerson Sheik

Avisado de que seria titular diante do Corinthians somente na noite de sábado, o jovem Marlone não escondeu a empolgação pela chance de voltar a iniciar uma partida pelo Vasco da Gama . O garoto foi a opção encontrada por Dorival Júnior para substituir Eder Luis, negociado às escuras pela diretoria, e até teve a chance de tirar o 1 a 1 no placar, mas acabou chutando à direita de Cássio.

Veja a tabela completa do Brasileirão

"Fui dormir ansioso, pensando que seria o jogo da minha vida. Uma pena que não saímos com a vitória, mas graças a Deus foi um bom jogo. No momento em que fui finalizar, a bola subiu, porque o gramado está meio irregular e acabei chutando para fora", lamentou o meia-atacante, reclamando das condições do gramado do estádio Mané Garrincha.

Apesar de sair de campo satisfeito com o próprio desempenho em um jogo tão importante, Marlone deixou claro que o sentimento do grupo é de frustração após mais um tropeço. Os vascaínos somam três partidas sem vitória - dois empates e uma derrota - pelo Campeonato Brasileiro e deixou o pelotão de frente do torneio disparar.

"Agora é levantar a cabeça. Pelo que jogamos no segundo tempo, acredito que merecíamos a vitória. Queríamos vencer, mas não deu. Vamos seguir trabalhando", afirmou a revelação do Cruz-maltino, pensando no compromisso com o Cruzeiro no domingo, às 16 horas (de Brasília) no Mineirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.