Tamanho do texto

Havia poucos policiais no local, e a confusão só foi encerrada com a chegada de um efetivo maior

O temor em relação ao Vasco x Corinthians acabou se concretizando no Estádio Mané Garrincha. Houve confronto entre as duas torcidas, que têm um histórico recente de brigas, e uma invasão ao campo após o empate por 1 a 1 .

O incidente mais grave aconteceu no intervalo. Como não havia divisão do público na maior parte da arena, projetada para a Copa do Mundo, membros de organizadas do Corinthians partiram em direção ao espaço onde estavam as do Vasco.

Torcedores de Vasco e Corinthians brigam no Mané Garrincha
Adalberto Marques/ Agif/Gazeta Press
Torcedores de Vasco e Corinthians brigam no Mané Garrincha

Havia poucos policiais no local, e a confusão só foi encerrada com a chegada de um efetivo maior. Cassetetes e sprays de pimenta foram usados na solução do problema, que causou ferimentos e claramente afetou quem nada tinha a ver com as brigas.

A arquitetura do estádio facilitou ainda uma invasão do campo. Um vascaíno deu trabalho no gramado, logo após o apito final do árbitro Heber Roberto Lopes, encerrando, ao menos dentro da arena, a jornada cheia de problemas.

Já havia uma preocupação grande em relação à partida porque Brasília não está acostumada a receber grandes rivalidades. Corintianos e vascaínos têm morte e ônibus queimado na lista de problemas dos últimos anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.