Tamanho do texto

Equipe pernambucana perdeu por 2 a 0 para o Bahia e segue cada vez mais isolada na lanterna do Brasileirão

Jorginho, técnico do Náutico
Site oficial
Jorginho, técnico do Náutico

Apesar de ver seu time perder por 2 a 0 para o Bahia e chegar à terceira derrota consecutiva, Jorginho elogiou o Náutico . Para o técnico, a equipe fez a melhor partida desde que ele assumiu o comando.

Comente esta notícia com outros torcedores

"O Náutico foi bem melhor do que nos dois últimos jogos, fiquei feliz pela postura do time. Os jogadores foram taticamente perfeitos. O Bahia não ficou cara a cara com o Marcelo Lomba, que não precisou fazer defesas", declarou o treinador, que concluiu sua terceira partida no clube.

No entanto, o comandante alvirrubro não deixou de criticar a equipe. Jorginho se mostrou insatisfeito com a falta de poderio ofensivo do elenco, que não marca há quatro jogos.

"O que mais me incomoda é que meu time não faça gols. Toda a equipe precisa saber marcar, não só os atacantes. Para isso, precisamos buscar equilíbrio e acreditar mais, ter entrosamento", comentou o técnico.

Veja como está a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

A situação do lanterna no Campeonato Brasileiro não tira o otimismo do treinador. "Nós temos esperança. Ainda temos chances matemáticas e vamos correr atrás delas até o final. A esperança é a última que morre e vamos lutar até o fim", afirmou Jorginho.

O Náutico soma oito pontos na última posição do Campeonato Brasileiro. No sábado, às 18h30 (de Brasília), a equipe volta a campo para enfrentar o Atlético-PR na Arena Pernambuco pela 17ª rodada da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.